Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É falso que governo irlandês diz que vacinas não são seguras e máscaras são contraindicadas

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
28.jan.2021 | 14h01 |

Circula pelo WhatsApp que o governo da Irlanda colocou um aviso eletrônico no pedágio afirmando que a vacina contra o novo coronavírus causa “paralisia” e que a população não deveria usar máscaras, já que a barreira “acumula germes”. Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:

“Na Irlanda o Governo colocou este aviso eletrônico no pedágio, avisando a população: vacinas podem causar paralisia, tirem duas máscaras* máscaras acumulam germes, testes de covid são fraudulentos 95% dos testes de covid são falso positivo. vacina não é segura”
Texto e vídeo que circulam no WhatsApp

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Embora um outdoor com informações falsas sobre a pandemia tenha sido colocado em um posto de gasolina em Dublin, na Irlanda, não se trata de uma iniciativa do governo irlandês, e sim de ativistas negacionistas. As autoridades da Irlanda recomendam o uso de máscara e também indicam que a vacinação contra o novo coronavírus é a melhor forma de reduzir a disseminação do vírus.

A gravação começou a circular pelas redes sociais no dia 15 de janeiro, após uma usuária do Twitter denunciar o vídeo em sua conta. O outdoor estava localizado em um posto de gasolina em Dublin. Os donos alegam que as mensagens foram colocadas sem sua autorização por um grupo de ativistas anti-máscaras. Após as denúncias, o posto de gasolina retirou o painel (veja aqui, aqui e aqui ). 

A nossa prioridade é a saúde e segurança dos nossos clientes e colaboradores e isso significa cumprir todas as recomendações governamentais em relação ao distanciamento social e ao uso de máscaras”, disse representantes a um jornal local

Também é falso que o governo da Irlanda não recomenda o uso de máscaras. Pelo contrário: seu uso é obrigatório no transporte público e em qualquer ambiente fechado de uso público. Descumprimento pode resultar em multa.

O texto compartilhado no Whatsapp diz ainda que o governo teria informado que as vacinas causam paralisia. A informação também é falsa. Em seu site, as autoridades afirmam que “as vacinas disponíveis na Irlanda são seguras, eficazes e reguladas cuidadosamente”. Em dezembro de 2020, a Comissão Europeia autorizou o uso da vacina Pfizer/BioNTech COVID-19 na população. A entidade também concedeu uma Autorização de Introdução no Mercado (CMA) condicional para a vacina desenvolvida pela Moderna. As duas estão sendo usadas no país.

Essa informação também foi desmentida pelo Boatos.org.

Esta‌ ‌verificação ‌foi sugerida por leitores através do WhatsApp da Lupa. Caso tenha alguma sugestão de verificação, entre em contato conosco pelo número +55 21 99193-3751.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo