A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que ‘governo paulista’ é responsável por abandono de respiradores pulmonares

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
17.mar.2021 | 16h35 |

Circula pelas redes sociais que a Polícia Militar encontrou uma carga de respiradores pulmonares em um terreno baldio em São Paulo. A legenda que acompanha a informação diz que o “governo paulista” teria sido responsável pelo problema. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“E dizem que o Presidente é genocida, genocida é esse governo paulista”
Legenda de imagem que, até às 14h do dia 17 de março de 2021, tinha sido compartilhada por 700 pessoas no Facebook 

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. A carga de respiradores pulmonares recuperada pela Polícia Militar de São Paulo não foi abandonada ou escondida por autoridades do governo estadual. Na realidade, segundo a PM, os aparelhos foram roubados por criminosos e posteriormente encontrados pelos agentes de segurança do estado

Na segunda-feira (12), criminosos roubaram nove caixas de respiradores pulmonares que deveriam ser entregues ao Hospital Santa Virginia, localizado na zona leste de São Paulo. Segundo a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, “os PMs receberam uma denúncia de que homens estavam carregando caixas em uma área de mata. Ao chegarem no local, viram dois suspeitos, que fugiram ao perceberem a aproximação dos agentes”.

Embora não tenha conseguido prender os criminosos, a PM recuperou as nove caixas no último domingo (14). Uma delas estava aberta, porém os equipamentos não foram danificados. Os respiradores foram apreendidos e encaminhados à Delegacia de Polícia de Ferraz de Vasconcelos, na região metropolitana de São Paulo, onde o caso foi registrado. Depois disso, os aparelhos foram restituídos ao representante do Hospital Santa Virginia.

A Polícia Civil de São Paulo continua investigando o roubo para identificar os responsáveis.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo