A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É golpe site para cadastro no programa Merenda em Casa

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
06.abr.2021 | 16h37 |

Circula por grupos de WhatsApp um suposto link para cadastro no programa Merenda em Casa, do governo do estado de São Paulo. A mensagem não menciona o estado, e diz que o valor varia entre R$ 55 e R$ 120. Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:

“Olá

Olha, vê se vc tem direito: o programa Merenda em Casa ta pagando um auxílio que varia de R$55 à R$120 reais todo o mês para pais e mães de crianças que estudam.

Ele é pra ajudar na compra de alimentos para refeição. E o depósito cai em 3 dias na conta.

Para solicitar basta se *cadastrar aqui”

Conteúdo que circula em grupos de WhatsApp

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Trata-se de um golpe com o objetivo de roubar informações sigilosas, como dados pessoais e senhas de perfis em redes sociais. O site fornecido para cadastro não leva o nome completo do programa, “Merenda em Casa”, e não apresenta o sufixo “sp.gov.br”, como todos os sites do governo de São Paulo — responsável pelo programa.  Outra evidência de golpe está no valor informado na mensagem. O subsídio de R$ 55 por aluno é fixo, ou seja, não varia de R$ 55 a R$ 120, como afirma a peça de desinformação. 

Pelas redes sociais, a Secretaria de Educação de SP alertou que o site de cadastro no programa é falso. O site oficial do programa é o https://merendaemcasa.educacao.sp.gov.br/

O auxílio é destinado a famílias de alunos da rede estadual de ensino que tenham renda mensal de até R$ 178 por pessoa e que já estejam inscritas no Cadastro Único, programa federal que reúne dados das famílias de baixa renda do país. Não há necessidade de inscrição. Contudo, como o pagamento do benefício é feito por meio da plataforma PicPay, potenciais beneficiários que não tem conta nesse aplicativo precisam baixar e se cadastrar.

Em 2020, o governo pagou esse subsídio às famílias dos alunos da rede pública de ensino por nove meses. O programa foi encerrado no final do ano. Contudo, em março, o governo paulista anunciou que o benefício voltará a ser pago. Procurada pela Lupa, a Secretaria Estadual de Educação informou, por e-mail, que o link é falso e que em 2021 o programa terá início em 7 de abril. 

Esse conteúdo também foi verificado pelo Boatos.org.

Esta‌ ‌verificação ‌foi sugerida por leitores através do WhatsApp da Lupa. Caso tenha alguma sugestão de verificação, entre em contato conosco pelo número +55 21 99193-3751.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo