A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Áudio de João Doria prorrogando quarentena em SP até 22 de abril foi gravado em 2020

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
09.abr.2021 | 18h28 |

Circula pelo WhatsApp um áudio do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmando que a quarentena no estado será prorrogada até o dia 22 de abril. Segundo o político, a extensão de 15 dias teria como justificativa recomendações feitas por cientistas e especialistas. Ele diz ainda que todos os prefeitos devem seguir essa orientação e que devem usar o poder da polícia para evitar aglomerações. Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:

“Eu queria neste momento deixar claro à opinião pública e à população do estado de São Paulo que, sim, a prorrogação da quarentena será feita em São Paulo por mais 15 dias, do dia 8 até o dia 22 de abril (…)”

Áudio do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que circula pelo WhatsApp

FALSO

O áudio analisado pela Lupa é antigo e foi gravado no ano passado, ainda no ínicio da pandemia. Por isso, não tem qualquer relação com as medidas mais restritivas adotadas em São Paulo este ano. Doria anunciou a prorrogação da quarentena em coletiva de imprensa em 6 de abril de 2020. O trecho que circula pelo WhatsApp, extraído desse evento, é dito aos 45 minutos da apresentação e pode ser conferido no vídeo disponível no canal oficial do governo de São Paulo no YouTube.

Na época, o novo coronavírus ainda se espalhava e tinha chegado a 100 das 645 cidades do estado. A quarentena foi decretada por Doria em 22 de março e restringiu pela primeira vez o funcionamento do comércio durante a pandemia em toda a região. Foram mantidos abertos apenas os serviços essenciais, de 24 de março a 7 de abril. Escolas também permaneceram fechadas. Nesse período, São Paulo contava com 15 mortes por Covid-19. Para tentar frear a disseminação da doença, a quarentena foi prorrogada em 6 de abril até o dia 22 daquele mês, o que foi anunciado por Doria na coletiva de imprensa.

Diante do grande aumento de casos e mortes, o governo de São Paulo criou uma fase mais restritiva, chamada de emergencial, em 15 de março deste ano. A medida foi prorrogada até 11 de abril e, além de limitar o funcionamento do comércio, inclui toque de recolher das 20h às 5h e impedimento do acesso a parques e praias. Nesta sexta-feira (9), o governo de São Paulo anunciou que todo o estado voltará à fase vermelha do Plano São Paulo – conjunto de medidas adotadas para tentar conter a pandemia – de 11 a 18 de abril. O toque de recolher continua em vigor, mas algumas restrições ao comércio deixam de vigorar. Eventos esportivos também passam a ser liberados.

Esta‌ ‌verificação ‌foi sugerida por leitores através do WhatsApp da Lupa. Caso tenha alguma sugestão de verificação, entre em contato conosco pelo número +55 21 99193-3751.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo