A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Assessoria de Imprensa / Idepi
Foto: Assessoria de Imprensa / Idepi

#Verificamos: Foto de rodovia ‘entregue’ por Tarcísio é de obra do governo do Piauí, e foi tirada em 2018

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
27.abr.2021 | 09h53 |

Circula nas redes sociais uma montagem que mostra duas fotos de rodovias, uma delas enlamaçada e a outra asfaltada, e duas fotos do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Dentro da montagem, o texto indica que a reforma foi realizada durante a gestão do ministro. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Como a gente recebe, como a gente entrega”

Texto que acompanha montagem no Facebook, que até 26 de abril de 2021 às 12h tinha mais de 30 mil compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Os dois lugares mostrados na imagem não são o mesmo, e a foto da rodovia em boas condições é de uma estrada estadual no Piauí, tirada em 2018 — sem nenhuma relação, portanto, com a gestão do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

A rodovia em, aparentemente, boas condições é a PI-301, entre as cidades de Cocal e Cajueiro da Praia, Piauí. A foto foi publicada em 2018 no site do governo do Piauí, em um texto da assessoria de imprensa sobre o andamento das obras na estrada. Segundo a assessoria de imprensa do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), a obra não contou com nenhum recurso federal. O governo do Estado confirmou que a foto mostra a PI-301 e informou que a estrada foi inaugurada no ano passado, juntamente com a PI-309. É possível ver trechos da rodovia nesse vídeo publicado pela TV Cidade Verde, também em 2018.

Já a foto da rodovia enlameada mostra um trecho da BR-158 na região do rio Araguaia, no norte do Mato Grosso, e foi tirada em fevereiro de 2020. Na época, uma chuva comprometeu a circulação de carros e caminhões na estrada. Em março deste ano, o ministro Tarcísio Gomes de Freitas foi questionado sobre o asfaltamento da estrada em um encontro com parlamentares mato-grossenses. Ele respondeu que a obra deve começar no início de 2022

A foto foi publicada, originalmente, em um site mato-grossense chamado Agência da Notícia. À Lupa, os responsáveis pelo site confirmaram a autoria da foto e que ela foi tirada na BR-158.

Desde 2019, defensores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e de Tarcísio publicam fotos de rodovias falsamente atribuídas à atual gestão do governo federal. No dia 15 de abril, por exemplo, a Lupa verificou uma suposta “obra do governo federal” em um trecho da BR-230 entre João Pessoa e Campina Grande, na Paraíba. 

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo