Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: Enxurrada em Manaus destruiu posto de atendimento para refugiados, não hospital de campanha

Editor | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
07.maio.2021 | 13h12 |

Circula nas redes sociais um vídeo que mostra uma torrente de água arrastando o que parecem ser tendas. Na legenda, é dito que uma enxurrada em Manaus destruiu um hospital de campanha na cidade. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Misericórdia! Olhem isso que ocorreu em Manaus!
Um rio transbordou, levando um hospital de campanha com pacientes dentro”
Vídeo publicado no Facebook que, até as 12h do dia 7 de maio, tinha sido compartilhado por cerca de 100 pessoas

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O vídeo é verdadeiro e foi gravado na cidade de Manaus, na última segunda-feira (3). Contudo, o local mostrado não é um hospital de campanha. O lugar que aparece no vídeo é o Posto de Interiorização e Triagem (PITRIG). Trata-se de um posto de atendimento para refugiados e migrantes vindos do exterior, principalmente da Venezuela, no âmbito da Operação Acolhida. No local, criado em uma estrutura temporária no bairro da Paz, na capital amazonense, eram ofertados serviços de documentação, registro, vacinação e encaminhamento para a estratégia de interiorização. 

O vídeo foi veiculado no Jornal Nacional, da TV Globo, citando as informações corretas, e também foi incluído em reportagem do jornal A Crítica, de Manaus.

A prefeitura de Manaus, por e-mail, confirmou que a estrutura afetada era o PITRIG. “A estrutura (…) foi danificada pela forte chuva que atingiu a capital amazonense na última segunda-feira, 3 de maio. O município prestou assistência à ocorrência ainda na segunda-feira”, diz a nota. A administração municipal informou, ainda, que não é responsável por nenhum hospital de campanha atualmente.

Com as fortes chuvas que atingiram a capital amazonense na última segunda-feira, pelo menos oito pessoas tiveram ferimentos leves. 

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo