A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Tem certeza que deseja sair da sua conta?

Diretora da Lupa Natália Leal recebe prêmio do ICFJ por combate à desinformação

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
26.maio.2021 | 11h04 |

Natália Leal, diretora de conteúdo da Lupa, foi escolhida pelo Centro Internacional Para Jornalistas (ICFJ, na sigla em inglês) para receber o Prêmio Knight Internacional de Jornalismo de 2021. A honraria é concedida pelo ICFJ a jornalistas cujo trabalho pioneiro e inovador na mídia tenha impactado a vida das pessoas em seus países ou regiões. Leal foi reconhecida por seu trabalho à frente da equipe de jornalismo da Lupa no combate à desinformação a partir do fact-checking e da educação midiática. 

Em seu anúncio, na manhã desta quarta-feira (26), o ICFJ destacou o trabalho de Leal e sua equipe, que “expuseram a desinformação espalhada pelo próprio governo do presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores” em 2020. Desde o início da pandemia de Covid-19, a Lupa produziu mais de 700 checagens sobre o tema, desmascarando conteúdos falsos e teorias conspiratórias (como a dos caixões vazios), e sendo vítima de ataques online que atingiram a empresa e seus jornalistas. O ICFJ também ressaltou a atuação da jornalista no desenvolvimento da ferramenta No epicentro, visualização de dados sobre Covid-19 feita pela Lupa em parceria com o Google News Initiative, premiada internacionalmente e reproduzida pelo The Washington Post nos Estados Unidos.

“Lutar contra a desinformação é, hoje, meu principal propósito como jornalista e o que me move. Acredito profundamente no jornalismo como forma de qualificar o debate público, melhorar a sociedade e proteger a democracia. É isso que eu quero continuar fazendo e ser reconhecida por essa luta é um orgulho indescritível”, diz Leal. “Eu me sinto muito honrada em entrar para uma lista tão seleta de jornalistas, cujos trabalhos são reconhecidos como de grande impacto para a sociedade.”

A diretora da Lupa é a terceira brasileira a ganhar o prêmio, que existe desde 1998 e já foi recebido pela repórter, escritora e documentarista Daniela Arbex, em 2010, e por Marcelo Beraba, um dos fundadores da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, em 2005. Neste ano, Leal divide o Prêmio Knight Internacional de Jornalismo com Pavla Holcová, jornalista investigativa da República Tcheca que conduziu uma investigação após o assassinato de um colega jornalista.

“Essas mulheres nos mostram como o jornalismo está cumprindo duas de suas funções mais essenciais: fornecer informações que salvam vidas em face da desinformação maciça e responsabilizar funcionários do governo por meio de reportagens investigativas destemidas”, disse a presidente do ICFJ, Joyce Barnathan. “Natália e Pavla enfrentaram ataques para dizer a verdade e nenhuma recuou.”

O ICFJ apresentará os prêmios no Tribute to Journalists 2021, em 9 de novembro. O evento será virtual e concederá honrarias, ainda, a outros dois jornalistas: Bill Whitaker receberá o ICFJ Founders Award por sua carreira de quatro décadas na CBS News, e Anne Applebaum, do The Atlantic, o prêmio Excellence in International Reporting por suas análises incisivas sobre a deterioração da democracia na Europa Oriental e na ex-União Soviética. Wolf Blitzer, da CNN, será o apresentador. Os prêmios são patrocinados pela John S. e James L. Knight Foundation.

Leal é diretora de Conteúdo da Lupa desde 2019, depois de atuar por um ano e meio como editora na agência. Gaúcha da cidade de Pelotas, concluiu a graduação em jornalismo na Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação (Fabico) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e especializou-se em Gestão de Recursos Humanos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Com cerca de 15 anos de atuação no mercado jornalístico brasileiro, focou seu trabalho na cobertura diária de política, economia e cotidiano em diferentes funções nas redações por onde passou, de estagiária a coordenadora de redação. Trabalhou em veículos como GaúchaZH, no Rio Grande do Sul, Grupo NSC, em Santa Catarina, e Poder 360, em Brasília, além do portal Terra e da Band TV em Porto Alegre.

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo