Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É falso que governo do Ceará não enviou ninguém a aeroporto para receber vacinas contra Covid-19

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
28.maio.2021 | 13h29 |

Circula em grupos no WhatsApp um vídeo em que um homem faz críticas ao governador do Ceará, Camilo Santana (PT), por não ter enviado ninguém para receber doses da vacina contra a Covid-19 no aeroporto de Fortaleza, capital do Ceará. O texto que acompanha o vídeo diz que “o avião não pode ficar o dia todo parado no pátio do aeroporto”, e sugere que a carga não foi recebida. Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:

“E o Genocida é o Bolsonaro!!! BOLSONARO envia VACINAS para Fortaleza-Ceará, o avião não pode ficar o DIA TODO parado no pátio do aeroporto. NINGUÉM do Governo de Camilo Santana (PT) foi receber. Até o trabalhador do Aeroporto indignado com descaso”

Texto que circula junto a vídeo em grupos de WhatsApp

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. De acordo com o texto que circula pelo WhatsApp, o homem vestido com um colete laranja seria um trabalhador do aeroporto. Mas, na verdade, é o vereador de Fortaleza Inspetor Alberto (PROS). As imagens foram publicadas em suas redes sociais no dia 3 de maio. “Mandar algum deputado teu aí, da base do governo, receber as vacinas… nada que vem. Porque vocês são uns desgraçados que mataram o povo. Agora, na hora de salvar, não tem nem um aqui no aeroporto”, critica o vereador no vídeo.

Fora de contexto, a fala de Alberto pode levar à compreensão de que o governo do Ceará não foi receber os imunizantes no aeroporto de Fortaleza, mas o carregamento foi recepcionado por funcionários da Secretaria de Saúde. Em 3 de maio, o estado recebeu o 18º lote de vacinas contra a Covid-19, incluindo a primeira remessa de 17,5 mil doses da Pfizer/BioNTech. Como o imunizante precisa ser conservado em temperaturas muito baixas, a remessa chegou ao Ceará em caixas especiais com placas de gelo.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde do Ceará negou problemas na recepção das cargas de vacina. O órgão afirmou que todos os carregamentos enviados ao estado foram recebidos por técnicos da Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadim), além de terem sido escoltadas por agentes de segurança.

“Ainda no aeroporto, os técnicos fazem a contagem das doses e a aferição da temperatura. Os volumes são enviados para a Rede de Frio Estadual, onde são organizados para distribuição. Em até 24 horas, as vacinas chegam às 22 Áreas Descentralizadas de Saúde (ADS)”, informou a secretaria.

A assessoria do Ministério da Saúde informou que o órgão não foi notificado de problemas no recebimento de doses da vacina contra a Covid-19 e que a distribuição continua ocorrendo regularmente pelo país.

A Lupa ligou para o gabinete do Inspetor Alberto nos dias 26 e 27 de maio, mas não conseguiu contato. Ao Estadão Verifica, a assessoria do parlamentar afirmou que Alberto não se referia no vídeo a atrasos na entrega, mas questionava a ausência de aliados do governador Camilo Santana no aeroporto. O vereador estaria reclamando da “falta de créditos ao Governo Federal, ao presidente Bolsonaro e ao Ministério da Saúde” pelo envio das doses. 

Segundo o Vacinômetro do governo do Ceará, até o momento foram recebidas 3,7 milhões de doses. Nesta quarta-feira (26), o estado recebeu o 29º lote de imunizantes.

Este conteúdo também foi analisado por Fato ou Fake e Estadão Verifica.

Esta‌ ‌verificação ‌foi sugerida por leitores através do WhatsApp da Lupa. Caso tenha alguma sugestão de verificação, entre em contato conosco pelo número +55 21 99193-3751.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo