A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: Foto que mostra mais de 20 tanques em avenida foi tirada na China, e não no Brasil

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
11.ago.2021 | 19h51 |

Circula pelas redes sociais uma foto que mostra diversos tanques em uma rua larga. A legenda indica que a imagem teria sido registrada durante a passagem de tanques da Marinha por Brasília, na última terça-feira (10). Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Passeata, carreata, motociata, jetskyseata e agora tanqueceata, Bolsonaro é foda mesmo, enquanto isso o bandido LULA nem na rua pode sair porque é vaiado”
Texto em imagem que, até às 19h do dia 11 de agosto de 2021, tinha sido compartilhado por pessoas no Facebook 

FALSO

A imagem analisada pela Lupa não foi registrada no Brasil. Na verdade, a foto mostra tanques em um desfile realizado na China em outubro de 2019, durante comemorações dos 70 anos do regime comunista, e não tem, portanto, nenhuma relação com o Brasil ou com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

Na última terça-feira (10), cerca de 40 veículos da Marinha, incluindo tanques, desfilaram em Brasília, passando na frente do Congresso e do Palácio do Alvorada. Na ocasião, Bolsonaro assistiu a passagem dos veículos. Oficialmente, o governo diz que não se tratava de um desfile, e sim que os veículos vinham do Rio de Janeiro e estavam a caminho de Formosa (GO), onde acontecerá um evento militar em 16 de agosto. O fato de passarem diante do Congresso durante a votação do voto impresso seria uma “coincidência”. Contudo, esse evento acontece anualmente desde 1988, e os veículos nunca passaram por Brasília.

Essa mesma imagem foi compartilhada pelo deputado Otoni de Paula (PSC-RJ), no Twitter, junto com o texto “Oh, Formosa! Nunca uma simples manobra militar mexeu tanto com meu patriotismo”. Após ser criticado por usuários da plataforma, ele apagou a mensagem.

Essa informação também foi verificada pelo Estadão Verifica e a AFP.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo