Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É falso que empresa de laticínios Tirol tenha proibido uso de bandeiras do Brasil em suas instalações

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
06.set.2021 | 17h08 |

Circula nas redes sociais uma imagem de embalagens de leite Tirol acompanhadas de dizeres orientando as pessoas a não comprá-las. O motivo apontado na postagem é que a empresa teria proibido o uso da bandeira nacional em seus caminhões e no pátio da fábrica. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“NÃO COMPRE PRODUTOS
ESSA EMPRESA “PROIBE” O USO DE NOSSA “BANDEIRA” EM SEUS CAMINHÕES E NO PÁTIO DA FÁBRICA.
AJUDE A DIVULGAR. 👍👍👍
Texto aplicado em imagem publicada no Facebook que, até as 15h de 6 de setembro de 2021, tinha mais de 880 compartilhamentos.

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. A Laticínios Tirol, com sede em Treze Tílias (SC), publicou uma nota desmentindo que tenha feito qualquer orientação contrária ao uso da bandeira. Segundo o comunicado divulgado pela WBC Comunicação, assessoria de imprensa que atende a Tirol, a empresa desconhece “proibição do uso de símbolos nacionais”.

A nota afirma que a empresa utiliza símbolos nacionais na sede da empresa. A Lupa solicitou uma imagem da matriz, em Treze Tílias (SC), que mostrasse o uso de símbolos e recebeu a imagem abaixo: Foto: Divulgação, 6 de setembro de 2021

A imagem mais recente da matriz no Google Maps mostra os mastros sem as bandeiras. A imagem do Google é de março de 2019 e, naquele mês, a sede passou por manutenção e, por isso, as bandeiras haviam sido retiradas. Foto: Google Maps, março de 2019

Na imagem anterior no Google Maps, de novembro de 2011, estão hasteadas as bandeiras do Brasil, de Santa Catarina e de Treze Tílias: Foto: Google Maps, novembro de 2011

Em 7 de julho deste ano, a Tirol inaugurou uma fábrica no município de Ipiranga (PR). O evento foi transmitido pelo Youtube e, no palco, havia uma bandeira do Brasil, além dos símbolos da empresa, do estado e do município:

Origem

O boato sobre a proibição do uso de bandeira do Brasil no caminhão teve origem em um áudio compartilhado no WhatsApp, no qual um caminhoneiro relatava ter sido proibido de colocar uma bandeira em seu caminhão em uma cooperativa no interior de Santa Catarina. Posteriormente, posts em outras redes sociais passaram a associar a gravação com a empresa catarinense.

“O áudio que narra a situação chegou até o grupo [Tirol] com a característica [marcação] ‘encaminhado com frequência’, o que geralmente é uma marca das fake news”, comentou a assessoria de imprensa da companhia, em nota divulgada à imprensa.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo