A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Tem certeza que deseja sair da sua conta?
Foto: Detran
Foto: Detran

#Verificamos: É falso que STF autorizou cancelamento da CNH por IPVA atrasado

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
04.out.2021 | 18h49 |

Circula pelas redes sociais que o “Supremo Tribunal”, uma referência ao Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou o cancelamento da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em caso de atraso no Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:

 

“Supremo Tribunal autoriza cancelamento da Carteira Nacional de Habilitação em caso de IPVA atrasado”
Áudio que circula pelo WhatsApp

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O Supremo Tribunal Federal não autorizou o cancelamento da Carteira Nacional de Habilitação em caso de IPVA atrasado. Essa informação não aparece no site do tribunal e também foi negada pela assessoria de imprensa do órgão. “Não localizamos decisão do STF nesse sentido”, informou. 

O boato compartilhado no WhatsApp é antigo e já foi desmentido em 2018 por plataformas de checagens. Naquele ano, a 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgou um recurso a uma ação que determinou a suspensão da CNH e do passaporte de uma pessoa endividada em Sumaré (SP). A decisão proferida, no entanto, foi contrária a esse cancelamento. “Por unanimidade, o colegiado deu parcial provimento ao recurso em habeas corpus para desconstituir a medida. A turma entendeu que a suspensão do passaporte, no caso, violou o direito constitucional de ir e vir e o princípio da legalidade”, afirmou o tribunal.

Procurada, a assessoria de imprensa do STJ também informou que não autorizou o cancelamento da CNH em caso de IPVA atrasado. Em nota, o órgão informou que encontrou em sua base de jurisprudência um precedente contrário ao cancelamento da CNH em caso de não pagamento do IPVA. No caso, que ocorreu no Rio Grande do Sul, uma pessoa teve a expedição da carteira definitiva negada pelo Detran por não ter feito a transferência da documentação de um veículo no prazo de 30 dias. O STJ considerou que infrações administrativas como essa não poderiam impedir a concessão da CNH.

Esta‌ ‌verificação ‌foi sugerida por leitores através do WhatsApp da Lupa. Caso tenha alguma sugestão de verificação, entre em contato conosco pelo número +55 21 99193-3751.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo