Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É falso que Catraca Livre acusou governo Bolsonaro de causar acidente de Marília Mendonça

Estagiária | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
09.nov.2021 | 13h26 |

Circula pelas redes sociais a imagem de um tuite, atribuído ao site Catraca Livre, dizendo que a cantora Marília Mendonça é mais uma vítima do “desgoverno Bolsonaro”. Ela morreu na queda de um avião na última sexta-feira (5), junto com os outros quatro ocupantes da aeronave. A mensagem afirma que a cantora sempre foi “crítica ao facismo” e, “com o desmonte da cultura”, os artistas precisaram economizar com estrutura e transporte – o que teria favorecido o acidente de que foi vítima. A legenda que acompanha a publicação critica o post, dizendo que mostra como a esquerda “não tem vergonha, ética, moral, nada” e só tenta desgastar o governo, desrespeitando a dor alheia. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“DESRESPEITO

Nossa esquerda não tem vergonha, ética, moral, nada!

Seu objetivo é sempre usar tudo para desgastar o governo. Mesmo que precise desrespeitar a dor alheia. Que Deus receba essa grande artista e conforte os familiares, amigos e fãs”

Legenda de post publicado no Facebook que, até as 11h de 9 de novembro de 2021, tinha 44 compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O conteúdo não foi publicado pelo perfil oficial do site Catraca Livre no Twitter, mas pelo Catraca News. Trata-se de uma conta satírica, que utiliza cor e imagem semelhantes às do portal de notícias. A própria descrição da página alerta ser um perfil humorístico. Além disso, há um aviso fixado no início do feed de que todas as postagens são ficcionais. O print que circula nas redes sociais, no entanto, não contextualiza nenhuma dessas informações, gerando confusão.

Em comunicado publicado no dia 6 de novembro, o perfil humorístico pediu desculpas a todos que se sentiram ofendidos com o tuíte sobre o acidente da cantora sertaneja Marília Mendonça. O Catraca Livre também fez uma publicação sobre o caso, na qual explicitou que não tem relação nenhuma com o perfil satírico. 

Desde o acidente até a publicação desta checagem, o perfil do Catraca Livre no Twitter não havia feito nenhuma publicação semelhante à que foi divulgada pela página de humor. As principais postagens divulgadas sobre Marília Mendonça falam sobre a despedida de amigos e famosos da artista, as circunstâncias do acidente e também sobre os momentos anteriores à tragédia

A cantora, de 26 anos, e mais quatro pessoas morreram quando Marília viajava para cumprir sua agenda de shows, na última sexta-feira. A aeronave onde estavam caiu em um curso d’água próximo da rodovia BR-474, na cidade de Piedade de Caratinga, no Vale do Rio Doce, oeste de Minas Gerais. As causas do acidente estão sendo investigadas.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo