Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É falso que Eduardo Bolsonaro apanhou em vídeo que circula pelas redes sociais

Estagiária | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
10.nov.2021 | 17h09 |

Circula pelas redes sociais um vídeo com 13 segundos de duração que mostra um homem rodeado por várias pessoas exaltadas. Na cena, ele caminha para trás, tentando se defender enquanto é agredido pelo grupo. Surgem também alguns funcionários de blusa verde que tentam protegê-lo do ataque. A legenda que acompanha a gravação afirma que se trata do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que teria levado um chute nas nádegas. Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:

“Eduardo Bolsonaro apanha da população e leva chute na bunda…”

Legenda de post publicado no Facebook que, até as 14h de 10 de novembro de 2021, tinha 4,6 mil compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. As imagens mostram um desentendimento entre comerciantes e um advogado no estacionamento do Shopping Center Parque das Feiras, no dia 3 de novembro, na cidade de Toritama, estado de Pernambuco. O homem que aparece sendo agredido é o advogado Melqui Roma, representante do shopping. A confusão teria sido causada durante um protesto contra a expansão do centro comercial

Uma versão maior do vídeo, com duração de 50 segundos, pode ser vista na nota de repúdio divulgada no perfil oficial no Instagram do shopping. Nele é possível observar os momentos iniciais da desavença entre os lojistas e o advogado, além de tendas sendo derrubadas. 

No dia 3 de novembro, de acordo com a agenda de eventos legislativos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro teve três compromissos na Câmara dos Deputados, em Brasília. Segundo a lista de presença, o parlamentar participou da sessão deliberativa extraordinária para a votação de propostas legislativas.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Pernambuco pronunciou-se sobre o caso e disse que está dando assistência ao advogado. A entidade afirmou que adotará medidas para a responsabilização criminal dos autores dos ataques ao profissional.

Não é a primeira vez que essa gravação é usada como peça de desinformação. O mesmo vídeo foi veiculado para indicar que o homem agredido seria o prefeito de Toritama, Edilson Tavares. A prefeitura do município esclareceu, em nota, que essa informação é falsa. 

Esta‌ ‌verificação ‌foi sugerida por leitores através do WhatsApp da Lupa. Caso tenha alguma sugestão de verificação, entre em contato conosco pelo número +55 21 99193-3751.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo