Tem certeza que deseja sair da sua conta?

Lupa abre inscrições no programa de treinamento em checagem de fatos Mirante

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
17.nov.2021 | 08h00 |

A Lupa abre nesta quarta-feira (17) as inscrições no programa de treinamento em checagem de fatos Mirante. O programa terá duração de três meses, quando os trainees aprenderão técnicas de combate à desinformação com foco nas Eleições 2022, além de conhecer de perto a atuação da Lupa no Jornalismo e na Educação.

As inscrições podem ser feitas até as 16h59 do dia 28 de novembro. Serão 15 vagas para treinamentos que envolvem capacitação em técnicas jornalísticas de combate à desinformação, checagem de fatos, monitoramento de conteúdos falsos e iniciativas de distribuição de conteúdo verificado em plataformas digitais, além de ações de educação midiática com foco no desenvolvimento do pensamento crítico. Os inscritos deverão responder uma prova discursiva online no dia 4 de dezembro, das 10h às 16h. O anúncio dos selecionados acontecerá no dia 13 de janeiro.

“Este programa traduz tudo que defendemos como ações efetivas de combate à desinformação. Acreditamos que o desenvolvimento de profissionais que possam construir soluções para esse problema usando Jornalismo e Educação é fundamental para termos um resultado efetivo nesse campo”, diz Natália Leal, diretora-executiva da Lupa.

O Mirante é aberto a estudantes e profissionais de todas as áreas que tenham interesse em construir soluções de combate à desinformação explorando o Jornalismo e a Educação. Além da formação teórica, os selecionados terão um período de vivência prático na Lupa, participando ativamente na elaboração de checagens e projetos especiais. Ao final, irão elaborar um produto de combate à desinformação com foco na Eleição 2022.

Durante o treinamento, os participantes aprenderão a produzir uma checagem, a usar bancos de dados públicos na cobertura eleitoral, a detectar desinformação e combatê-la e como as plataformas de redes sociais tratam este problema. Após o período de treinamentos e palestras, haverá um mês de vivência com a redação da Lupa e, em seguida, o grupo será orientado na elaboração de um produto que una checagem e eleições. Os orientadores abordarão o universo da política, a produção de checagem e conteúdos inovadores no Jornalismo. 

“Ao longo dos últimos seis anos, vimos o quanto a formação em nossos cursos foi importante para diversos profissionais. O Mirante é um novo passo, e nossa meta é fornecer uma ampla e diversificada formação sobre desinformação, checagem e política. Vai ser uma experiência fantástica para quem participar. Em um ano eleitoral, isto é fundamental e uma contribuição que queremos dar”, afirma Raphael Kapa, coordenador de Educação da Lupa.

Os trainees da Lupa serão acompanhados pela diretoria-executiva da empresa e por tutores com experiência nas áreas de atuação pelas quais a plataforma é reconhecida internacionalmente. Também terão noções de desenvolvimento de modelos de negócio e operação de empresas jornalísticas. O treinamento é totalmente gratuito e será feito remotamente. A partir dessa formação, parte dos selecionados irá atuar na redação da Lupa durante a cobertura eleitoral do próximo ano.

Confira aqui o regulamento do Mirante e faça sua inscrição.

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo