Tem certeza que deseja sair da sua conta?

No epicentro: visualização de dados da Lupa é eleita a melhor do mundo em 2021

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
30.nov.2021 | 16h40 |

A Lupa conquistou o prêmio de melhor visualização de dados do mundo em 2021 do Digital Media Awards Worldwide da Associação Mundial de Editores de Notícias (WAN-IFRA) com No epicentro. A ferramenta já havia vencido a etapa da América Latina e concorreu com projetos premiados da Ásia, África, Europa, Oriente Médio e América do Norte. Os vencedores foram anunciados nesta terça (30) durante o “WAN-IFRA World News Media Congress”.

E se todos os mortos por Covid-19 no Brasil fossem seus vizinhos? Com essa pergunta em mente, a Lupa, em parceria com o Google News Initiative, desenvolveu No epicentro, uma ferramenta de visualização de dados para colocar o leitor no centro da epidemia, simulando como ficaria sua vizinhança se todos os mortos pela doença se concentrassem ao seu redor.  No site, que foi reproduzido pelo jornal americano The Washington Post, o usuário é convidado a inserir seu endereço e dar início a uma narrativa que reconta a evolução da Covid-19 no Brasil.

No epicentro recebeu os maiores reconhecimentos possíveis em termos de visualização de dados e jornalismo. É um produto inovador, que tem a cara da Lupa ― do que ela é e do que ela quer ser. É um projeto delicado, com um tema sensível, mas que faz o alerta que precisamos nos tempos que vivemos. Ver isso reconhecido mundialmente é um orgulho muito grande para nós”, diz Natalia Leal, diretora executiva da Lupa.

Da concepção ao produto final, No epicentro demorou cerca de dois meses para ficar pronto. Três profissionais especializados em jornalismo e narrativas visuais com dados trabalharam no desenvolvimento do produto: o designer Vinicius Sueiro, o jornalista-programador Rodrigo Menegat e o desenvolvedor Tiago Maranhão. A coordenação foi de Alberto Cairo, um dos maiores profissionais de visualização de dados do mundo.

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo