Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É falso que Joelma disse em entrevista que seu sangue coagulou após ter recebido vacina contra a Covid-19

Estagiária | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
01.dez.2021 | 16h21 |

Circula pelas redes sociais parte de uma entrevista em que a cantora Joelma supostamente alega que seu sangue ficou “escuro e com coágulos” após a vacina contra a Covid-19. No vídeo, Joelma diz que sentiu uma dor forte no coração e poderia ter morrido. A artista comenta também que tomou a segunda dose da vacina e teve reações como febre, dor nos ossos e falta de ar. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

A cantora Joelma relata que depois da picada seu sangue ficou estranho, escuro e com coágulos e que ela sentiu muita dor no peito.”
Legenda de vídeo publicado no Instagram que, até as 14h de 1 de dezembro de 2021, tinha 181 visualizações

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O vídeo foi editado para dar a impressão de que Joelma estivesse falando da vacina quando, na verdade, ela estava relatando uma experiência pela qual passou quando contraiu a doença, em agosto de 2020. O vídeo é um trecho de uma entrevista dada pela cantora ao programa Holofote, da rádio FM O Dia, do Rio de Janeiro, em 23 de setembro. É possível verificar a entrevista na íntegra no canal de YouTube do programa.

Em nota enviada por e-mail, a assessoria de imprensa de Joelma diz que o vídeo que circula pelas redes sociais é uma “fake news criada e editada em cima de uma entrevista da Joelma falando sobre os sintomas e sequelas pós-Covid”. A assessoria declara ainda que a cantora apoia a vacinação de toda população.

Os sintomas relatados pela cantora foram notados quando ela foi diagnosticada com Covid-19, em agosto de 2020, e buscava por um tratamento para a doença — e não pela aplicação do imunizante. Após 43 minutos do início do vídeo, a cantora é questionada sobre como está adequando sua carreira por causa da pandemia de Covid-19, como ela usa as redes sociais e se optou investir em streaming. Ela comenta que “não entrou de cabeça” porque “travou” uma luta muito grande contra a Covid-19 e que ainda sofre com as sequelas da doença. 

Durante a entrevista, a artista disse ainda que realizou vários exames e tratamentos médicos por causa da doença. Um desses métodos é o que ela chama de “hemoterapia” —  que na verdade é auto-hemoterapia, que envolve transfusão de sangue. Ao comentar sobre esse tratamento, Joelma afirma que durante uma das sessões percebeu que seu sangue estava coagulando.


“Também conta que depois da 2a Dose ela teve muitas reações, febre, falta de ar.”

Legenda de vídeo publicado no Instagram que, até as 14h de 1 de dezembro de 2021, tinha 181 visualizações

VERDADEIRO

Durante a entrevista, Joelma também comentou sobre a vacina. Ela disse que não sentiu reação alguma após tomar a aplicação da primeira dose. Contudo, após a segunda dose alega ter tido febre, dor nos ossos e falta de ar. As duas primeiras reações citadas são considerados efeitos adversos comuns das vacinas contra Covid-19 pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A falta de ar, porém, não é listada como um efeito colateral habitual. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) orienta os vacinados que apresentarem esse sintoma a procurar atendimento médico.

Essa informação também foi checada por Aos Fatos e Fato ou Fake

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo