Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É antigo vídeo de recepção a Bolsonaro em aeroporto de Belo Horizonte

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
07.dez.2021 | 19h13 |

Circula pelas redes sociais um vídeo em que o presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece sendo recepcionado por uma multidão de apoiadores no aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG). De acordo com a legenda da gravação, Bolsonaro estaria chegando à região para a formatura de policiais militares e teve uma recepção popular maior do que a de qualquer outro pré-candidato. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“PESQUISAS???
Bolsonaro chegando em BH para formatura de novos policiais da PMMG.
Agora me digam, que outro pré-candidato tem recepção popular igual a essa?
Ainda vamos acreditar nessas pesquisas???”
Texto em vídeo que, até 18h do dia 7 de dezembro de 2021, havia sido visualizado por 1,1 mil usuários no Facebook

FALSO

A informação analisada pela Lupa é antiga. A gravação da cena ocorreu em 2017, durante uma viagem de Bolsonaro a Belo Horizonte para participar de uma formatura de policiais militares. Na época, o então deputado federal pelo Rio de Janeiro rodava o país em pré-campanha à Presidência da República. O vídeo, que é parte de uma transmissão feita nas páginas do próprio Bolsonaro, voltou a circular nas redes sociais de forma descontextualizada, como se fosse recente.

Na gravação de pouco menos de um minuto, o político é recebido em um aeroporto por uma multidão de apoiadores aos gritos de “Mito!” e “Queremos Bolsonaro presidente do Brasil!”. O vídeo é um trecho de uma transmissão ao vivo feita na página do Facebook de Bolsonaro em 19 de janeiro de 2017 com o título “Aeroporto de Confins”. Na gravação completa, Bolsonaro menciona uma pequena recepção que o aguarda, mas reforça que não havia nada programado. Na sequência, ele é carregado por apoiadores e discursa brevemente. O portal Hoje em Dia noticiou a presença de dezenas de pessoas no local.

O jornal Estado de Minas também registrou a passagem de Bolsonaro pela capital mineira. Naquela data, o veículo informou que o então deputado participou, de fato, da formatura de 1.018 novos soldados da Polícia Militar do estado. Além disso, o veículo destacou um comentário do político sobre a queda do avião que matou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, ocorrida naquele mesmo dia, de que era “muita coincidência” – sugerindo, sem apresentar provas, se tratar um crime premeditado.

Em setembro, a Lupa verificou outro vídeo antigo de recepção a Bolsonaro que estava sendo atribuído ao Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em Nova York, para onde o mandatário havia viajado para discursar na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Na verdade, a gravação também havia sido feita em 2017 em Natal (RN).

Essa informação também foi verificada por Aos Fatos.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo