Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É falso que determinação judicial bloqueará o WhatsApp por 48 horas ‘a partir de hoje’

Estagiária | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
07.dez.2021 | 15h57 |

Circula pelo WhatsApp e no TikTok um vídeo do telejornal SPTV, hoje conhecido como SP1 e SP2, da Rede Globo. Na gravação, com duração de 26 segundos, o apresentador do telejornal Carlos Tramontina declara que o aplicativo WhatsApp será bloqueado por 48 horas a partir da meia noite de “hoje” — sem especificar nenhuma data. O jornalista diz ainda que as prestadoras de serviço de telefonia móvel receberam uma intimação judicial para retirar o serviço do ar. Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:

“wastaszapp bloqueado por 48 horas aparti da 00:00hrs de hoje”

Legenda de vídeo compartilhado no TikTok que, até as 13h de 7 de dezembro de 2021, tinha 57,8 mil compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O vídeo utilizado para divulgar a informação de que o WhatsApp será bloqueado “a partir de hoje” é antigo. A cena mostra, na verdade, uma reportagem do SPTV de 2015. Uma busca no Google tem como resultado outras reportagens da mesma época sobre o ocorrido. Embora não tenha sido possível encontrar a versão original da gravação que circula pelas redes sociais, o mesmo trecho usado na peça de desinformação está presente em um vídeo no YouTube publicado no dia 16 de dezembro de 2015 — o que mostra não se tratar de uma informação atual. 

Por meio de mensagem, a assessoria de imprensa do WhatsApp afirmou que essa informação é falsa e que não existe qualquer pedido de bloqueio do aplicativo no ano de 2021. O WhatsApp já teve, pelo menos, quatro pedidos de suspensão do serviço – nenhum deles este ano. 

No final de 2015, o aplicativo foi bloqueado por uma decisão imposta pela 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, em São Paulo. Segundo a Justiça, o aplicativo de mensagens não havia atendido a uma determinação judicial de 23 de julho de 2015. A decisão de deixar o WhatsApp fora do ar no país tinha validade de 48 horas, contudo uma decisão liminar desbloqueou o aplicativo depois de 14 horas.

A última vez que o WhatsApp foi bloqueado nacionalmente ocorreu em julho de 2016. A decisão foi da juíza Daniela Barbosa, da comarca de Duque de Caxias, no estado do Rio de Janeiro. Mais uma vez, o pedido foi feito porque o WhatsApp não teria cumprido uma decisão judicial anterior.

Uma versão similar dessa verificação foi feita por Boatos.org.

Esta‌ ‌verificação ‌foi sugerida por leitores através do WhatsApp da Lupa. Caso tenha alguma sugestão de verificação, entre em contato conosco pelo número +55 21 99193-3751.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo