Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É de 2018 e foi gravado em Miami vídeo que mostra multidão ‘aclamando’ Bolsonaro

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
07.jan.2022 | 16h10 |

Circula pelas redes sociais um vídeo que mostra uma multidão aglomerada cantando o hino nacional e gritando “mito”, em referência ao presidente Jair Bolsonaro (PL). A legenda que acompanha a gravação diz que essas imagens teriam sido gravadas no hospital no qual o presidente estava internado para tratar uma obstrução intestinal. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“Até no Hospital o homem é aclamado!
Texto compartilhado no Facebook que, até às 15h do dia 7 de janeiro de 2021, já havia sido compartilhado por mais de 600 pessoas

FALSO


A informação analisada pela Lupa é falsa. O vídeo que circula pelas redes sociais não mostra uma multidão aglomerada perto de um hospital em São Paulo para aclamar o presidente Jair Bolsonaro (PL). Na verdade, o episódio aconteceu em outubro de 2018 na faculdade Miami Dade College, local que abrigou sessões eleitorais durante as eleições daquele ano. O vídeo mostra eleitores do presidente chegando para votar no primeiro turno. É possível ver a entrada da faculdade nas imagens. Bolsonaro, logicamente, não estava presente, pois vota na escola municipal Rosa da Fonseca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Uma versão maior do vídeo foi compartilhada no YouTube (veja aqui e aqui), mostrando o interior da faculdade durante as eleições. A gravação passou a ser divulgada nas redes sociais recentemente, quando Bolsonaro foi internado para tratar uma obstrução intestinal no dia 3 de janeiro. Ele ficou no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, tendo alta dois dias depois

Essa informação também foi analisada pelo Aos Fatos.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo