Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: Perfil falso simula live do cantor Gusttavo Lima para aplicar golpes em usuários do Facebook

Estagiária | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
12.jan.2022 | 15h44 |

Circula pelas redes sociais uma suposta transmissão ao vivo do cantor sertanejo Gusttavo Lima. No vídeo, Lima conversa com várias personalidades, entre elas o cantor César Menotti e o humorista Tom Cavalcante. A legenda da publicação, publicada por um perfil sem verificação com o nome e a foto de Lima, diz que o cantor está distribuindo recompensas para quem estiver assistindo. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“EU. gusttavo lima, vou compartilhar presentes para vocês com base no seu mês de nascimento, siga as instruções corretamente https://tinyurl.com/yc8dytpd

🎁Janeiro __ $̲ 1̲0̲.̲0̲0̲0̲🎄

Fevereiro___ $ 1.000🎄

Março __ $̲ 9̲.̲0̲0̲0̲

Abril $ 7.000🎄

Maio _$6.000🎄

Junho _ $ 8.000🎄

Julho__ $ 7.000🎄

Agosto _ $̲ 1̲0̲.̲0̲0̲0̲🎄

Setembro _$6.000🎄

Outubro _ $ 5.000🎄

Novembro __ $ 5.000🎄

Dezembro _ $̲ 9̲.̲0̲0̲0̲🎄

ENORME SUPRESSÃO $ 1.000.000 para 70 vencedores💰💰”

Legenda de post publicado no Facebook que, até às 12h de 12 de janeiro de 2022, tinha 14 mil compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O perfil que publicou os vídeos não tem relação com o cantor e a suposta distribuição de presentes é, na verdade, um golpe para roubar dados pessoais. Em nota enviada por e-mail, a assessoria de imprensa do cantor Gusttavo Lima informou que ele não está realizando sorteio de lotes, cartões presente ou qualquer tipo de bens e serviços. A nota diz ainda que caso o artista decida realizar sorteios, estes serão previamente divulgados nas redes oficiais da Balada Music.

O perfil que realizou a transmissão ao vivo no Facebook utilizava uma imagem do artista e a foto de capa do último álbum lançado por Gusttavo Lima “Buteco in Boston” para dar credibilidade a publicação. Vídeos antigos do cantor — nos quais ele não faz nenhuma menção a prêmios — foram editados e transmitidos ao vivo junto com uma legenda que induz usuários do Facebook a clicar em um link e fornecer dados pessoais a golpistas. Essa estratégia é usada para que o golpe pareça mais crível.

Uma busca pelo Google por lives antigas do cantor mostra que as imagens compartilhadas são de 2020. Até a cantora Marília Mendonça, que morreu em novembro de 2021 em um acidente aéreo, aparece durante a gravação. Uma busca mostra que a live com a cantora foi realizada em março de 2020. Ela inclusive cita uma live realizada por Gusttavo Lima em março daquele ano na qual o artista arrecadou mais de R$ 100 mil toneladas de donativos para doar a instituições de caridade

Além dessa gravação que foi usada durante a transmissão ao vivo, outros vídeos transmitidos também podem ser encontrados na internet. É o caso do momento da participação do atleta Felipe Franco e também do apresentador Tom Cavalcante, todas transmitidas em 2020.

O post apresenta padrões similares a outros golpes. Não mostra nenhum canal para os perfis oficiais do artista e apresenta erros de ortografia e concordância. Além disso, ao clicar em “registre-se” o usuário é levado a outra plataforma onde é exigido o preenchimento de alguns dados como nome completo, e-mail e data de nascimento. Nessa plataforma, contudo, o prêmio se torna um vale-compras da Nike — plataforma essa que não pertence ao site oficial da empresa.

Para não cair nesse tipo de golpe, é importante prestar atenção em alguns detalhes. Em primeiro lugar, artistas não costumam utilizar sites com erros de ortografia e nem fazer grandes sorteios em perfis não oficiais (sem o símbolo de verificação). Geralmente, quando fazem esse tipo de sorteio, eles usam seus sites próprios ou perfis oficiais em redes sociais, geralmente com verificação. Também é importante reparar na procedência dos links.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo