Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É falso que dispositivo ‘chupa cabra’ consegue transferir votos de um candidato para outro

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
13.maio.2022 | 12h58 |

Circula pelas redes sociais um vídeo que mostra um dispositivo que supostamente consegue alterar votos registrados nas urnas eletrônicas. Um homem afirma que esse aparelho, que chama de “chupa cabra”, teria transferido votos de Celso Russomanno (Republicanos) para Fernando Haddad (PT) durante uma eleição. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

 

“Eu vou mostrar um chupa cabra de urna eletrônica. (…) Aqui se transfere os votos do Celso Russomanno para Haddad”
Texto em imagem que, até às 11h do dia 13 de maio, havia sido compartilhado por 160 pessoas no Facebook

FALSO


A informação analisada pela Lupa é falsa. Não há comprovação da existência de um dispositivo capaz de fraudar as urnas eletrônicas. A assessoria de imprensa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou, em nota, que o equipamento de votação é programado para identificar e desligar sempre que um dispositivo USB não autorizado estiver conectado a ele. Além disso, caso o dispositivo USB consiga “fingir” ser autorizado e se conectar, existem ainda outras travas de segurança que impedem que consiga alterar os votos.

“Ainda que o dispositivo USB conseguisse se passar por um periférico válido para a urna, esta não colocaria nenhum programa malicioso em execução. Isso porque o kernel do Linux usado na urna só executa software com assinatura digital válida gerada na Cerimônia de Lacração e Assinatura Digital dos Sistemas Eleitorais. Portanto, qualquer tentativa de uso de um dispositivo estranho acoplado à urna seria inócua – o equipamento apresentado no vídeo é incapaz de transferir votos entre candidatos”, afirma o TSE.

No vídeo que circula pelas redes sociais, o homem mostra uma tela de computador, indicando que aqueles dados estariam mostrando que os votos foram transferidos de Celso Russomanno para Fernando Haddad. Isso também é falso. O computador mostra apenas os registros de log de uma urna eletrônica, segundo o TSE. O log é um registro histórico de todas as operações realizadas na urna.

“No arquivo de log mostrado, constam eventos de habilitação do eleitor (“título digitado pelo mesário”), ou seja, do ato de liberação para votar que é feito pelo mesário. Essa é uma operação normal da urna e não tem qualquer influência sobre o voto que será depositado pelo eleitor na sequência”, indica o TSE. O log é uma forma de auditoria da urna eletrônica. Em 2022, o TSE promete que todos os logs ficarão disponíveis para consulta online.

Além disso, o homem na gravação afirma que não é possível que um eleitor vote depois das 17h e que isso comprova que houve alteração nos votos. Essa é outra afirmação falsa. O TSE explica que, caso um eleitor tenha entrado em uma fila na seção eleitoral antes desse horário, pode aguardar a sua vez para votar. Por isso, existem votos que são registrados depois das 17h. Caso o eleitor chegue na seção depois desse horário, ele é impedido de votar.

Essa informação também foi desmentida pelo Estadão Verifica.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo