rádio piauí

Maria vai com as outras #4: Profissão família

A jornalista Leticia Nascimento, o radialista Paulinho Coruja e a atriz Vanessa Lóes contam como deixaram suas carreiras para cuidar dos filhos e da vida doméstica

16jul2018_08h00
Leticia Nascimento, Paulinho Coruja e Vanessa Lóes, convidados do quarto episódio, pelo traço do ilustrador Caio Borges
Leticia Nascimento, Paulinho Coruja e Vanessa Lóes, convidados do quarto episódio, pelo traço do ilustrador Caio Borges

Tida como a mais sagrada das atribuições femininas, a maternidade pode mudar o rumo ou atropelar a vida profissional de uma mulher. E os filhos ainda pedem novos horários e demandas na rotina antes estabelecida de um casal. Por isso, o Maria vai com as outras esteve com duas mães e um pai para falar sobre essa tarefa que, de tão complexa, é a única a reunir sofrimento e paraíso numa só frase.

Na conversa com Branca Vianna, as mães Vanessa Lóes e Leticia Nascimento e o pai Paulinho Coruja contam como deixaram suas vidas profissionais para cuidar da vida doméstica.

Bloco 1

Desde que se mudou com a família para Londres, em 2011, a jornalista Leticia Nascimento parou de trabalhar e passou a cuidar das duas filhas em tempo integral. Uma oportunidade de emprego do marido na capital inglesa impôs a ela o dilema de encontrar sua própria identidade fora do mercado de trabalho. Feminista declarada, Leticia conta que enfrentou estigmas por escolher a vida doméstica, mas que, mesmo após sete anos, continua encontrando prazer em se dedicar à família.

Bloco 2

Pai de três filhos e dono de casa, Paulinho Coruja assumiu os afazeres domésticos da família após ter perdido o emprego de radialista em 2017. Hoje, concilia as tarefas de casa e os horários dos filhos com a profissão de barbeiro. Por cuidar das crianças, função associada às mulheres, já ouviu muitos comentários machistas e pôde notar o chamado “efeito pedestal”: sendo homem, é reconhecido por ações pelas quais uma mulher jamais receberia um elogio.

Bloco 3

A atriz Vanessa Lóes deixou a profissão de lado gradativamente após ter se tornado mãe. Quanto mais sentia necessidade de estar com os três filhos, mais diminuía o ritmo de trabalho e recusava papéis em novelas. Hoje, é responsável por cuidar da casa e das crianças, enquanto seu marido, o também ator Thiago Lacerda, cuida das finanças. Criada por mulheres independentes, ela conta que passou por um período de insegurança até escolher se dedicar integralmente à família.

Quer ouvir os episódios anteriores? Clique aqui.

Maria vai com as outras vai ao ar quinzenalmente às segundas-feiras pela manhã. Você também pode ouvir o podcast em outras plataformas:

 Spotify: clique aqui.
 iTunes: clique aqui.
SoundCloud: clique aqui.
 YouTube: clique aqui.
 Resultado de imagem para stitcher icone Stitcher: clique aqui.
Resultado de imagem para rss Feed: é possível acompanhar o Maria vai com as outras por outros agregadores. O RSS direto do podcast é http://mariavaicomasoutras.libsyn.com/rss

Está tendo dificuldades para ouvir o podcast nos tocadores? Confira o nosso guia.

Ficha técnica:

Apresentação: Branca Vianna
Produção: Paula Scarpin
Edição: Filipe Di Castro
Finalização e mixagem: João Jabace
Identidade visual: Cecilia Marra, Caio Borges e Paula Cardoso
Distribuição: Kellen Moraes e Luigi Mazza
Gravado no estúdio da Rádio Batuta, no Instituto Moreira Salles

Leia também

Últimas Mais Lidas

Hungria, França e Brasil

Por que são críveis os acenos de Haddad ao centro

“São particulares”, diz Exército sobre caminhões usados em campanha

Veículos flagrados com propaganda de Bolsonaro e que viralizaram nas redes foram vendidos pela União, mas continuam com aparência militar

Plata o plomo

Bolsonaro depende de fisiologismo ou de autogolpe para governar

Maria vai com as outras #9: Sexo como ganha-pão

A prostituta de luxo Livia Rodrigues, a dona de uma sex shop para lésbicas e bissexuais Marcia Soares e a atriz pornô Monique Lopes falam sobre os prazeres e agruras que envolvem suas profissões

E se Bolsonaro ganhar?

A violência como plataforma de governo

Os mascates do Rio

A periferia sem crédito mantém a tradição do vendedor de porta em porta

EUA devolvem fortuna à família Hawilla

Com a morte do delator do escândalo Fifa, Justiça restitui à viúva e aos filhos patrimônio de R$ 59 milhões em dinheiro e apartamento em condomínio em ilha de Miami

Merval e a democracinha*

A polarização política, os cidadãos de bem e os inimigos da vida civilizada no país

O Paciente e O Banquete – frutos da tragédia

Vistos em conjunto, os dois filmes tornam-se reflexo do cenário político atual

Ciro, a vela e o dane-se

Só ele impede segundo turno antecipado entre Bolsonaro e Haddad

1

Não foi você

Uma interpretação do bolsonarismo

2

Merval e a democracinha*

A polarização política, os cidadãos de bem e os inimigos da vida civilizada no país

3

Paulo Guedes contra o liberalismo

A história mostra que uma onda de ódio só chega ao poder quando normalizada

4

A janela de Haddad

A vulnerabilidade de Bolsonaro e a chance do candidato do PT

5

O fiador

A trajetória e as polêmicas do economista Paulo Guedes, o ultraliberal que se casou por conveniência com Jair Bolsonaro

6

Marcos Lisboa: “Me comparar a Paulo Guedes é demais”

Cotado como ministro da Fazenda em um governo do PT, economista responde a Ciro Gomes, que o chamou de “ultrarreacionário”

7

Bolsonaro não queria sair da Santa Casa

A história de como a família do presidenciável dispensou o Sírio-Libanês, contrariou a vontade do candidato de ficar em Juiz de Fora e aceitou a proposta do tesoureiro do PSL de levá-lo para o Einstein

8

Sem a elite, sem (quase) nada

Em doze anos, Alckmin sai de 45% para 6% das intenções de voto no eleitorado que cursou universidade; eleitores migram principalmente para Bolsonaro

9

Por que mulheres trocaram Marina por Haddad, Ciro e Bolsonaro

De líder no voto feminino, candidata despencou para o quarto lugar; seu discurso é “sincero”, mas falta clareza, dizem ex-eleitoras

10

Antipetismo e democracia

O candidato do PT e o candidato do PSL não são dois lados da mesma moeda