rádio piauí

Maria vai com as outras #7: Elas voltaram

Uma estudante de serviço social e uma camelô voltam aos microfones do Maria pra contar como está a vida em meio à pandemia

11maio2020_04h59
Maria de Lourdes e Juliana, pelo traço do ilustrador Caio Borges
Maria de Lourdes e Juliana, pelo traço do ilustrador Caio Borges

Quando Maria de Lourdes participou do primeiro episódio desta temporada do Maria vai com as outras, em fevereiro, um dos compromissos dela era viajar semanalmente para São Paulo para comprar roupas e acessórios para sua barraca de vendas no Centro do Rio de Janeiro. Hoje ela está isolada, em casa, com os filhos. 

Na mesma época, em Minas Gerais, Juliana Oliveira cursava o último semestre do curso de Serviço Social. Ela, que esteve no programa em setembro do ano passado, não imaginava que o seu trabalho na secretária de assistência social na cidade de João Monlevade se tornaria mais essencial ainda para as famílias que buscam ajuda. E como não pode seguir as orientações de isolamento, Juliana se preocupa muito com a própria saúde e com a saúde dos pais, que estão no grupo de risco da doença.  

Neste episódio, as duas enviaram seus depoimentos contando como estão vivendo e trabalhando desde que a Covid-19 chegou ao Brasil.  

Bloco 1 (02:27)
O trabalho de Juliana num posto da prefeitura para cadastro de famílias em programas de assistência social e vagas de emprego nunca foi tão intenso. Quando ela esteve no Maria, contou entre outras coisas sobre mulheres que não recebiam benefícios importantes para o sustento porque precisavam consultar os companheiros para saber o próprio CPF e até mesmo a data de nascimento. Agora, com a liberação do governo de um auxílio emergencial de 600 reais que obedece a determinados critérios, esse trabalho ganhou outra proporção. E o foco dela tem sido se manter calma e saudável já que ela não pode seguir as orientações de isolamento e ainda cuida da mãe doente.

Bloco 2  (17:56)
Além do trabalho como vendedora ambulante, Maria de Lourdes é conhecida como Maria dos Camelôs pela luta em defesa da classe, por isso, além do cuidado com os filhos, ela está envolvida em vaquinhas online e na coleta de doações para levar dinheiro, alimentos e produtos de limpeza a outros profissionais que não têm outra fonte de renda (o marido dela é funcionário público e segue recebendo salário). Neste depoimento, ela reforça que se o camelô não receber a ajuda do Estado, ele vai preferir voltar para a rua. 

*

Ouça os episódios extras do #marianaquarentena.

Para ouvir outros episódios, vá até a página do Maria.

*

Siga o Maria nas redes. Temos um perfil no Instagram e no Twitter, além de um grupo fechado para ouvintes no Facebook. Se quiser escrever para a produção do programa, mande um e-mail para: mariavaicomasoutras@revistapiaui.com.br

O podcast é uma produção da Rádio Novelo para a revista piauí.

Ficha técnica:
Apresentação: Branca Vianna
Coordenação geral: Paula Scarpin
Produção: Mari Faria
Edição: Claudia Holanda
Finalização e mixagem: João Jabace
Redes sociais: Ana Beatriz Ribeiro
Vídeos: Mateus Coutinho
Coordenação digital: Juliana Jaeger e Kellen Moraes
Identidade visual: Cecilia Marra, Caio Borges e Paula Cardoso
Distribuição: Yasmin Santos

mais rádio piauí

Últimas Mais Lidas

Foro de Teresina #103: As ameaças contra Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

A Terra é redonda: Desnorteados

Hospitais saturados, indígenas ameaçados, desmatamento em alta: como a pandemia está afetando os povos e...

Foro de Teresina #102: Tensão máxima no Planalto

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Maria vai com as outras #8: Ela voltou

Monique Lopes, atriz pornô e acompanhante, fala novamente com Branca Vianna, agora sobre seu trabalho...

Foro de Teresina #101: Bolsonaro sob pressão

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana...

A Terra é redonda: Imunização racional

Enquanto o mundo aguarda uma vacina contra o novo coronavírus, ativistas insistem em questionar a...

Foro de Teresina Especial: Dois anos de “coisa errada”

No aniversário do programa, o trio de apresentadores responde às perguntas enviadas pelos ouvintes

Foro de Teresina Extra: Teich pede para sair

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #100: Quem ameaça e quem protege Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Maria vai com as outras #7: Elas voltaram

Uma estudante de serviço social e uma camelô voltam aos microfones do Maria pra contar...

Mais textos
1

O piloto, o PCC e o voo da morte

Como a investigação da Polícia Federal chegou a um personagem central num crime que abalou a cúpula da facção

2

Rebelião contra Aras

Ao protestar contra inquérito das fake news, chefe do Ministério Público Federal deflagra reação na instituição

3

Bolsonaro seduz policiais militares com promessas, cargos e poder

Entre o capitão e os governadores, é preciso saber para onde irá a Polícia Militar

4

Dentro do pesadelo

O governo Bolsonaro e a calamidade brasileira

6

“Eu não aguento mais chorar!”

Fragmentos de revolta contra o assassinato de negros pela polícia explodem em manifestação no Rio

7

A gestação do menino diabo

Como traduzir Memórias Póstumas de Brás Cubas para o inglês com dicionários frágeis e bases de dados gigantescas

8

Alexandre de Moraes absolve Alexandre de Moraes em caso de plágio

Antenado com o espírito de seu tempo, Alexandre de Moraes, recém-aprovado como ministro do Supremo Tribunal Federal, usou de suas prerrogativas para se defender das acusações de plágio. "Vou escolher meu julgador. Nesse caso, serei eu mesmo."

9

Sem prova nem lápis emprestado

Estudante brasileira em Portugal relata transformações na rotina escolar depois da epidemia de Covid-19

10

O que é fascismo

Quando uma palavra se transforma em palavrão