horóscopo

Astrologia, uma ciência melindrosa

O guru fora de órbita inaugura uma nova linhagem zodiacal: o signo de Jacarés, que vem depois de Peixes

Chantecler

A ASTROLOGIA NOS DIZ QUE HÁ ENTRE O UNIVERSO E O HOMEM UMA ESTREITA PROXIMIDADE. O INFINITAMENTE GRANDE REGE O DESTINO DOS INFINITAMENTE PEQUENOS, SENDO TAL INFLUÊNCIA AINDA MAIOR SOBRE OS MICRÓBIOS, BACTÉRIAS E LEITORES DE AUTO-AJUDA, EMBORA NÃO SE PERCEBA.

TODOS OS ASTROS EMITEM CONSTANTEMENTE RADIAÇÕES, SENDO, PORTANTO, DE VITAL IMPORTÂNCIA NÃO SÓ O LOCAL DO NASCIMENTO, MAS A POSIÇÃO DO BERÇO DO BEBÊ EM RELAÇÃO À JANELA. É ISSO QUE EXPLICA (DESCONTADAS AS MÁS COMPANHIAS) A DIFERENÇA DE TEMPERAMENTO E DESTINO DE IRMÃOS GÊMEOS, OS CORSOS INCLUSIVE.

ÁRIES [21.03_20.04] O signo confere combatividade e coragem. Inúmeros foram os soldados arianos, mortos nas duas grandes guerras do século passado, devido à afoiteza com que se apresentavam como voluntários. Mal canalizada, a combatividade pode resultar em despotismo e agressão. Antes de agredir alguém, o ariano deve verificar se está em dia com seu seguro de saúde.

TOURO [21.04_20.05] Os taurinos são ponderados, reflexivos, sensuais, obstinados, possessivos, ingênuos e preguiçosos. Tudo ao mesmo tempo, corre o risco de levar meses ponderando se deve refletir sobre sua sensualidade, dominado pela idéia obsessiva de que certa pessoa lhe pertence, acreditando ingenuamente que ela lhe é fiel, sem jamais tomar a iniciativa de deixá-la.

GÊMEOS [21.05_20.06] Os geminianos gostam de espiar a vida alheia. Dão excelentes detetives, com honorários salgados, pois são dotados de sentido do comércio. Graças à versatilidade, podem trabalhar em diversas profissões que exijam reflexos rápidos, como a de motorista de lotação, treinador de tartarugas e calista. Seu ponto fraco é o vício de tirar melecas, embora raramente o façam em público, a não ser que se trate de uma competição, na qual são quase sempre vencedores.

CÂNCER [21.06_22.07] Em Portugal, o signo é conhecido, por delicadeza, como caranguejo. Daí a tendência a viver no pântano ao qual está habituado, o que o impede de conquistar posições sociais de relevo. São raros os casos de cancerianos a desfilar como destaque numa escola de samba.

LEÃO [23.07_22.08] Não há jaula que detenha um leonino. Vontade, vitalidade e ambição são seu forte. São grandes freqüentadores de churrascarias, o que os leva a sofrer na velhice de artrite, gota e outros achaques da carne vermelha. Resvalam facilmente para a tirania. O homem exige da esposa colarinhos bem passados, rabadas aos sábados e sexo selvagem. Mas sabem ser magnânimos, abrindo sempre uma fresta da janela do carro, por onde entregam uma moedinha aos garotos que fazem malabarismos nos cruzamentos.

VIRGEM [23.08_22.09] O caso mais grave de virgianismo ocorreu com Tereza Gonzalez, diarista mexicana, cuja noite de núpcias durou 84 dias, até que ela se decidisse a tirar a roupa e permitir que o ato fosse consumado. A timidez de Virgem não impediu que Dolores Montezuma, também mexicana, desse vazão ao arrivismo típico do signo, e se entregasse num só dia a dezoito superiores hierárquicos, para obter uma promoção. O senso crítico do virginiano pode se voltar contra ele, o que o impedirá de ter espelhos em casa, manter vida social e ler Lya Luft.

LIBRA [23.09_22.10] Têm dom artístico, mas são prejudicados pela indecisão, indolência e tucanismos variados. Os que vencem essa tripla barreira produzem obras de vulto, como é o caso de Lorenzzo Tutti, pintor nascido em Florença e morto por atropelamento em Paris. Suas últimas palavras (salvo engano) foram: “Não é justo”. Recomenda-se que não falem com turistas. O grego Kirinakis, libriano, foi preso não por urinar numa praça, mas por conversar animadamente com duas turistas americanas enquanto o fazia.

ESCORPIÃO [23.10_21.11] Não devem os nascidos sob esse signo se aproximar de objetos cortantes, ou pontiagudos, sem antes proferir o seguinte encantamento: “Lubric zunai tablovis stuka”. Tradução: “Anulado seja meu magnetismo, pelo qual responsável não sou, uma vez que o mesmo é próprio do meu signo”. As mulheres de Escorpião não podem se unir a açougueiros, atiradores de facas, engolidores de espada, militares e admiradores de Zeca Pagodinho. Os nascidos em Escorpião terão sucesso como criadores de camelos, produtores de miragens, ensacadores de tâmaras ou qualquer atividade de tendências telúricas, seja lá o que isso signifique.

SAGITÁRIO [22.11_21.12] Orgulhosos, francos e independentes, estão sujeitos a levar porrada. Em geral, os agressores são do mesmo signo, orgulhosos, francos, independentes. Não são confiáveis para grandes empreendimentos, pois não têm perseverança. Na época das caravelas, jamais chegaram aos Açores, quanto mais a contornar o Cabo das Tormentas. Não por medo, mas porque se entediavam logo após deixar o primeiro porto. É fundamental que os sagitarianos não trajem apenas calcinha ou cueca em dias de tempestade, com vento sudoeste. É gripe na certa.

CAPRICÓRNIO [22.12_20.01] Os capricornianos estão preparados para a Era do Gelo. Não crêem no aquecimento global. Munidos de boa quantidade de lenha, acenderão a lareira e conduzirão o espírito à purificação. Ampararão os desesperados, empregando a prática do canto gregoriano e jogo de dominó. Economizarão água e energia, punindo os transgressores do meio ambiente, que deixarão de receber sua ração de maria-mole. O dinheiro público será utilizado na construção de iglus comunitários e na farta distribuição de granola aos pingüins, futuros animais de estimação.

AQUÁRIO [21.01_19.02] Altruístas e originais, os aquarianos doarão os seus bens e comporão sinfonias sem jamais terem estudado música. Devem controlar suas tendências revolucionárias, recordando a lição de Joana Fontes, condenada pela Inquisição por ter criado um prato à época absurdo, e que hoje, assim como o estrogonofe, saiu de moda: melão com presunto. Já estava a fogueira a arder quando ela, chamando o carrasco pelo nome, revelou que o melhor presunto para a nefanda combinação era o serrano espanhol.

PEIXES [20.02_20.03] Alguns piscianos mostram desde a infância alguma inclinação artística, o que deixa os pais especialmente preocupados no caso da poesia, atividade para desocupados. Desenvolvem também tendência mórbida para as drogas, que se manifesta pela abundante ingestão de matéria pútrida. Os pais devem combater esse mal esbofeteando a criança e gritando “Schluvís!”. Depois de meia dúzia de bofetões ela deixará de comer o próprio cocô, embora não esteja livre de ingerir a porcaria oculta em peças de xxxxxxx, filmes de xxxxxx e música de xxxxxx.

JACARÉS [32.03_32.04] Estudos realizados na Universidade Experimental de Valuanda, pela astróloga Mãe Benedita, resultaram na descoberta de um novo signo, regido por um planeta oculto denominado Gigante Vermelho. Os jacareanos sofrem de melancolia, indiferença em relação à política e joanetes. Há neles forte tendência à heterodoxia, à heteroplasia e à heterossexualidade.
A astrologia ortodoxa considera a descoberta absurda, mas temos de estar abertos ao novo. Quem não envelhece, morre. Digo, quem não muda, envelhece. Como era mesmo?



Chantecler

Leia também

Últimas

O enigma do Maranhão

Estado mais pobre do Brasil tem a menor mortalidade por Covid

Coronalixo: os animais pagam o pato

Pesquisadores holandeses criam banco de dados colaborativo para mapear vítimas do descarte inadequado de lixo pandêmico

Vacina, prioridades e desigualdades

Problemas de logística e estratégia de vacinação baseada em idade e profissão prejudicam periferias – onde população é mais jovem, diploma é raro e trabalho remoto é luxo

Foro de Teresina #146: Mortes demais, vacinas de menos

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Ovo indiciado

Delegada qualifica arremesso de ovo como tentativa de homicídio e prende acusada de atacar Marcha pela Família Cristã

Quem é o terrorista?

Dez questões para ajudar a entender por que o novo projeto de lei contra o terrorismo ameaça seu direito de manifestação

Mais textos