diário da Dilma

Devolva o Saraminda que você me tomou. E nunca leu

Mandei entregar um para-choque de caminhão na casa da Marta Suplicy com a frase “É fácil falar de mim, difícil é ser eu”

Esse Joaquim Levy é tão bom de corte que eu pedi para ele dar uma caprichada no meu look
Esse Joaquim Levy é tão bom de corte que eu pedi para ele dar uma caprichada no meu look ILUSTRAÇÃO: CACO GALHARDO_2015

1º DE JANEIRO_Quem foi o caipira que cravou a posse no dia 1º de janeiro? Além da calorama no coco, só vem elenco B. Maduro, Mujica, aquele chinês da ONU que fala inglês pior que a Ideli. A Colômbia e a Argentina mandaram vices! Não tive sequer o consolo da presença do raposão do Kerry. Aquela cabeleira de cantor de bolero me deixa louca.

2 DE JANEIRO_Resolução de Ano-Novo: decorar o nome de pelo menos sete desses 39 ministros. O novo Patriota veio me dizer que o chinês da ONU é coreano. Não estou nem aí.

Faz-me rir, como diria minha tia. Cora Rónai e Miriam Leitão falando de beleza e elegância. Mulherada despeitada! Duvido o Kamura dar jeito naquele cabelo da Miriam Leitão.

3 DE JANEIRO_O mês ainda engatinha e já tive de acionar um “meu querido”. Esse Nelson Barbosa ficou pequenininho. Quem mandou sair falando de mudança no reajuste do salário mínimo?

Vou ter que tirar um dinheirinho da poupança para pagar a costureira. Aquela roupa ma-ra-vi-lho-sa da minha posse custou uma fortuna. Renda é caro mesmo e eu fiz questão do melhor. Só me faltava renda de poliéster! Só de pensar já me coço. É cedo para as maldades.

4 DE JANEIRO_O vice-presidente da China me trouxe um pau de selfie de presente. Amei. Tirei umas fotos antológicas com mamãe e titia no final de semana. #nofilter #gratidão #vempromeumundo

5 DE JANEIRO_Gente, tô eu aqui lagarteando na espreguiçadeira, de férias na Bahia, e descubro que o Kassab é ministro! Devo ter convocado o homem depois da quinta dose de Shotslaya que tomei no Réveillon. E levaram a sério!

No final da tarde, vendo o pôr do sol, uma dor imensa me atravessou o coração. Edison Lobão se foi sem dizer adeus. Até cantarolei: “Devolva o Saraminda que você me tomou/E nunca leu.”

6 DE JANEIRO_Não sei se tomo pó de pirlimpimpim ou Doril, mas depois dessas férias vou sumir! Em boca fechada não entra mosquito. Nomeei o Levy para ser o porta-voz do apocalipse. De mim ninguém vai ouvir nada!

7 DE JANEIRO_Jaquito está todo-todo como ministro da Defesa. Ele adora aquele bando de gente batendo continência pra ele. Baiano é louco por performance.

8 DE JANEIRO_Miriam Belchior conseguiu emagrecer 12 quilos com a dieta que descobri. Provou que é uma mulher que sabe planejar e executar. Vou arrumar a presidência de alguma estatal para ela.

Enfim, consegui receber o tal Eduardo Braga no meu gabinete. É um apagão de libido no Ministério de Minas e Energia.

Je suis Charlie. Je suis sobretudo Lobão.

9 DE JANEIRO_Sancionei a lei que cria o dia oficial para humoristas, pedagogos e terapeutas ocupacionais. Levy é o bad cop e eu sou o good cop.

10 DE JANEIRO_Consegui colocar a Miriam Belchior na presidência da Caixa. Espero que não ganhe os 12 quilos de volta.

Quem aguenta mais ouvir falar de volume morto? Volume morto para mim é o Sarney.

11 DE JANEIRO_Esse Joaquim Levy está com o bicho-carpinteiro: diminuiu meu pacote da NET para o mais basicão. Agora não tenho nem GNT. Vou sondar se ele fez o mesmo com o Temer. A jurupoca vai piar.

12 DE JANEIRO_Menina, eu já devia ter comentado: como é alto esse Levy! É o único do meu gabinete que não sua. Achava que era coisa de elite, mas na realidade é porque lá em cima o clima é mais temperado.

13 DE JANEIRO_A TV Globo entupiu a programação com reprises para comemorar os 50 anos. Quero ver passarem de novo a edição do debate de 1989! E ainda vão repetir aquela chatice do Ó Paí, Ó. Por essas e outras é que a gente tem que regular a mídia.

Levaram o Cerveró preso. Curitiba nunca esteve tão fashion. O ano realmente começou louco.

14 DE JANEIRO_Aloizio, que homem firme! Eu falo e ele grita. Mandei o bigodão enquadrar aquele boca-mole do Eduardo Braga. Só me faltava falar em racionamento. Preciso aprender com os tucanos: restrição hídrica é um achado de gênio. Por isso, sempre adorei o Fernando Henrique, cá entre nós.

15 DE JANEIRO_Esse calorão chega a derreter meu laquê! Minha pressão anda tão baixa que só tenho vontade de ficar fazendo palavras cruzadas na Jacuzzi. Graças a Deus, aqui eu gasto o quanto quero de água.

16 DE JANEIRO_Estou com saudade das tardes de tranca com as meninas. Pena que o grupo esteja desfalcado. A Gleisi e a Gracinha estão sem cabeça pra nada. Essa Lava Jato está atrapalhando tudo. Ainda não peguei amizade para convidar a Kátia Abreu.

O Levy veio ameaçar cortar meu ar-refrigerado. Tasquei-lhe um pescotapa. O homem não se abalou. “Presidenta, sabe o meu Botafogo?”, perguntou, com dor. “Pois é. Comparado ao país é praticamente um Real Madrid.” Estremeci.

17 DE JANEIRO_Como o doutor Ravenna é fofo! Nosso jantar, apesar de frugal, foi ótimo! Homem finíssimo. Recuperei minha autoestima, recuperei uns vestidos de verão e aposentei aquelas calças de helanca.

18 DE JANEIRO_Essa Marta Suplicy tem muita mágoa acumulada comigo, com o PT, com a vida. Não é bom ficar guardando. Mandei entregar um para-choque de caminhão na casa dela com a frase “É fácil falar de mim, difícil é ser eu”.

20 DE JANEIRO_Quando será que estreia Cinquenta Tons de Cinza? Meu fornecedor pirata não conseguiu nenhuma cópia. Fiquei com vergonha de pedir para a Abin.

21 DE JANEIRO_As férias da Fátima Bernardes me deixaram meio órfã. Sou louca pelo programa dela. Adoro o figurino colorido, aqueles colares tão originais.

22 DE JANEIRO_Foi uma farra a posse do Evo. Ele é muito divertido! Como sabe que eu gosto, convidou uns músicos pra tocarem aquela musiquinha boliviana que me leva aos anos 70. Igualzinho ao Tarancón. Ficamos cantando e bebendo pisco até altas horas, um grupinho pequeno muito animado. E como ele é sedutor! Disse que eu estava esbelta e elogiou minha roupa verde-selva.

23 DE JANEIRO_Recebi a Sheri McCoy, presidente global da Avon. Michel Temer exigiu que a Marcela participasse da reunião. Ele tinha razão. Foi mais produtivo assim.

24 DE JANEIRO_Meu computador deu pau naquele dia do apagão. Perdi todas as fotos que tirei com o pau de selfie.

25 DE JANEIRO_O Joaquim Levy tá animado com o Carnaval e sugeriu um jingle para embalar o pacote de maldades. Disse que buscou inspiração no Jânio. Limpou a garganta, pegou a caixinha de fósforo e soltou a voz: “Corta, corta tesourinha/Corta, corta essa despesa.”

26 DE JANEIRO_O PSTU da Grécia chegou ao poder. Vamos ver que bicho vai dar.

27 DE JANEIRO_O pessoal reclama que eu não apareço, não dou entrevista. A verdade é a seguinte: queria dar um tempo para todo mundo reparar o quanto eu emagreci.

28 DE JANEIRO_O Aldo postou uma foto do Stálin no Twitter dele! Stálin! Quem vem depois? Beria?! Pol Pot?! É cada uma, que eu vou te contar.

29 DE JANEIRO_Quando será que alguém vai me dar uma notícia boa? Parece que é o fim do mundo. O último a sair não vai precisar nem apagar a luz. Não vai ter energia mesmo.

30 DE JANEIRO_O moreno me abandonou de vez. Era tudo interesse. Mulher poderosa é presa fácil desses tipos. Vou me resguardar um pouco nesse mandato.

Leia também

Últimas Mais Lidas

“Tive Covid, e agora?”

Moradora da periferia de São Paulo relata como enfrentou a doença e as dificuldades para voltar ao trabalho

Na piauí_165

A capa e os destaques da revista de junho

O piloto, o PCC e o voo da morte

Como a investigação da Polícia Federal chegou a um personagem central num crime que abalou a cúpula da facção

Oxigênio e sobrevivência

Prioridades na Cinemateca Brasileira e na vida

Máscara, gás e pimenta

Epidemia amplia tensões sociais e eleva risco de confrontos

“Eu não aguento mais chorar!”

Fragmentos de revolta contra o assassinato de negros pela polícia explodem em manifestação no Rio

A Terra é redonda: Desnorteados

Hospitais saturados, indígenas ameaçados, desmatamento em alta: como a pandemia está afetando os povos e ecossistemas da Amazônia

Polícias fraturadas

PM adotou padrões de risco distintos ao coibir protestos deste domingo; na PF, fronteiras entre segurança e política são ainda mais tênues 

Bolsonaro seduz policiais militares com promessas, cargos e poder

Entre o capitão e os governadores, é preciso saber para onde irá a Polícia Militar

Mais textos