diário da Dilma

Periquito que acompanha morcego acorda de ponta-cabeça

Tiririca, conritiano e brasileiro brotam em qualquer lugar. Olha a encrenca que essa gaúcha do Greenpeace me arrumou na Rússia. Putin é ninja, não tem jogo

Na minha biografia autorizada, Chico Buarque me pede em casamento, mas fujo com um ministro
Na minha biografia autorizada, Chico Buarque me pede em casamento, mas fujo com um ministro ILUSTRAÇÃO: CACO GALHARDO_2013

1º DE OUTUBRO_João Santana baixou aqui no gabinete. Disse que eu devia trabalhar meus aspectos mais joviais para me aproximar do eleitorado com menos de 30. Já ia retrucando com um “chuchu beleza” quando ele desapareceu atrás dos drapejados da cortina. Esse homem parece o Mestre dos Magos. Fernando Bezerra também pediu demissão para se juntar ao Dudu Campos. Batuquei na mesa, “Aonde a vaca vai, o boi vai atrás”. Eu sou raiz.

2 DE OUTUBRO_Para provar que não me esqueci de nenhum estado, visitei o Rio Grande do Norte. A governadora do DEM, de cujo nome não me recordo, levou uma vaia indecorosa. Inspirada pelo trailer do filme da Diana, representada por aquela mocinha Naomi qualquer coisa, decidi ser fina e saí em defesa da colega. Pra quê. Não adianta ser elegante em terra de grosso. Acho que o maior malfeito de que fui vítima foi a imigração intempestiva dos Rousseff. Se tivessem ficado na Bulgária, hoje eu teria um passaporte comunitário e poderia ser gerente da Eurodisney.

3 DE OUTUBRO_Estou por aqui com o João Santana! Ratinho?! Eu sou padrão Globo de qualidade, ele não entende?! Como custa caro uma reeleição! E o pior: assisti a um pedacinho na tevê e a dúvida se instalou. Sentei mal ou ganhei barriga? Na dúvida, dieta.

4 DE OUTUBRO_Como ter sossego com essa base aliada? Me explica as 2 toneladas de carne na casa do presidente do Senado. O pessoal do Porcão já me ligou. Querem saber se um dos três poderes tem planos de entrar no ramo do rodízio. Em caso positivo, reivindicam chuleta, lagarto e maminha a juros do BNDES.

Projeto Dilminha Verão 2014: trinta polichinelos ao acordar, vinte abdominais três vezes durante a novela e tonificação do tríceps na cadeira do meu gabinete.

5 DE OUTUBRO_Marina Silva, quem diria, é mais uma que bandeou para o Eduardo Campos. Esse homem é o Triângulo das Bermudas: atrai todo mundo e depois naufraga.

Aposto que esse noivado será mais curto do que coice de porco.

6 DE OUTUBRO_Domingueira de muito suor no spinning. Ainda estou com What a Feeling na cabeça. Ser jovem tem dessas coisas.

7 DE OUTUBRO_Tiririca, corintiano e brasileiro brotam em qualquer lugar mesmo. Olha a encrenca que essa gaúcha do Greenpeace me arrumou lá na Rússia. O Putin é ninja, não tem jogo. Vamos ver o que o Marco Aurélio pode fazer. Comunistas se entendem. O rapaz que ficou no lugar do Patriota não sei se dá conta.

8 DE OUTUBRO_Fui convidada a abrir a exposição da Eliana Kertész aqui no Planalto. As esculturas são todas de mulheres gordinhas. Resolvi me aceitar como sou.

De que jeito a Marina chegou aos 20 milhões de votos dizendo coisas como “Prosperará a aliança fática de apoio a sua candidatura”? Com quem ela aprendeu a falar? Com Djavan? Gil? Os criptógrafos da NSA? Ou será que povo da floresta fala assim? Não espanta que tantas tribos ainda não foram contatadas pelo homem branco. A gente contata e, depois, não entende nada?

9 DE OUTUBRO_Tem horas em que todo o sacrifício é recompensado: sancionei a lei que transfere licença de taxista aos herdeiros.

Soltei para a imprensa que “estou na fase dos grandes beijos”. Em seguida, convoquei reunião com o ministro das Minas e Energia. Vamos ver, vamos ver.

10 DE OUTUBRO_Lula apareceu sem avisar e ficou escondido atrás do sofá. Quando passei, jogou uma escultura da Kertész na minha direção: “Pensa rápido!” O homem anda mais desocupado que barbeiro de índio.

Marina soltou o tal fático de novo. “Não há incoerência com um partido de direita que não tenha nenhuma realidade fática para esse encontro.” Lula acha que é bloqueio freudiano. O Id quer dizer fálico, mas o subconsciente cristão bloqueia.

11 DE OUTUBRO_Dudu Campos não sabe o que fazer com a Marina. Periquito que acompanha morcego acorda de ponta-cabeça.

12 DE OUTUBRO_Dia das quiança. Cadê o zimbebezinho da vovó? Assô! Não vejo a hora de dar um ministério para esse pequerrucho. “Coisa bonita, coisa gostosa/ Quem foi que disse que tem que ser magra pra ser formosa?”, cantarolei enquanto preparava um brigadeiro de colher.

Essa nem eu entendi: por que diabos fui dizer que sempre que você olha para uma criança há uma figura oculta atrás, que é um cachorro? O brigadeiro bateu mal.

14 DE OUTUBRO_Por que o Djavan está tão preocupado? Quem quer saber da vida dele? A gente nem entende o que ele canta. Açaí, som de besouro, um ímã, branca é a tez da manhã… isso lá é letra? A Ideli é avoada assim desde os idos de 80, quando ouviu a canção pela primeira vez. Desde então passa o dia tentando decifrar e não se concentra no resto.

15 DE OUTUBRO_Pobre é um saco sem fundo. Nada está bom. Entreguei um monte de casa e ficam reclamando que não tem água nem luz. Tive que dar uns gritos e mandar providenciar. Deus me livre, eu descuido um segundo e já fazem bobagem. Vou te falar, que governo incompetente.

16 DE OUTUBRO_O que está acontecendo com Cris Kir? O Lula foi lá mas não me contou nada. Coitada, boa ela não está…

17 DE OUTUBRO_Dei um “meu querido” no Aldo Rebelo. Desconfio de comunista desde meus tempos da VAR-Palmares. Então o Aldo ficou todo belo e faceiro no ministério, tocando o bumbo para si mesmo, e na hora H faz a gracinha de sair para se candidatar a governador? E eu mico sozinha com o vexame da Copa? Se nem o PMDB quer o ministério! Vá catar coquinho em Tirana, meu querido.

18 DE OUTUBRO_Como uma Demi Moore em Ghost, o Kamura esculpia meu topete quando, do nada, o João Santana se materializou à minha frente. “Concentre seus ataques em Marina Silva e relegue Aécio ao limbo da indiferença.” Antes que eu pudesse argumentar, o homem já havia sumido por trás de minha sapateira.

19 DE OUTUBRO_Fiquei com a maior peninha dos beagles. Não se faz uma coisa dessas! Mandei a Erenice ver se sobrou algum para eu adotar. Faz companhia para mamãe e talvez me ajude a explicar essa história do cachorro por trás de todo ser humano. O fato é que não ouvi um só protesto da Marina. Se não é na Amazônia, ela nem se importa. Falsa! Duro vai ser convencer a empregada. Essa gente detesta cachorro. Diz que dá muito trabalho.

20 DE OUTUBRO_Preciso persuadir essa Paula Lavigne a ser coordenadora da campanha do Eduardo Campos. Com ela, até o Estatuto da Criança e do Adolescente fica impopular.

21 DE OUTUBRO_Meu são Hermes de Filipópolis, que colar horroroso a Marina Silva me vestiu. Parece lápis de índio pendurado no pescoço. Esta moda étnica é medonha. E aquela voz me dá uma gastura. A sonhática agora deu para falar de tripé econômico. Me poupe! Mandei ela estudar! Engorde e apareça!

22 DE OUTUBRO_Batata! Bastava colocar o Lobão de corpo presente para que o leilão de Libra prosperasse. Esse homem exsuda sucesso, secreta garbo, destila carisma. É um animal sensual.

23 DE OUTUBRO_Essa imprensa anda tão sem assunto! Não aguento mais ver a Daniela Mercury com a noiva. Uma boa matéria investigativa para contar o que aconteceu de verdade entre a Grazi e o Cauã, isso ninguém faz.

24 DE OUTUBRO_Menina, deu certo. Esqueci do Aécio Neves. Tenho dormido bem melhor.

25 DE OUTUBRO_Quando é que vai parar essa coisa de protesto todo dia? Ninguém trabalha?



Leia também

Últimas

Foro de Teresina #149: O Congresso entre a CPI, Bolsonaro e Lula

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Na piauí_176

A capa e os destaques da edição de maio

“Queima” de cloroquina pré-CPI

Após 337 dias no ar, Ministério da Saúde apagou recomendação para uso da droga às vésperas de comissão ser instalada no Senado

Mais nebuloso e mais conservador

Professores respondem a tréplica de Benamê Kamu Almudras

Pseudônimo para quem?

De que forma um monólogo pode se esconder por detrás de um diálogo

Paulo Gustavo mirava carreira internacional com Amazon a partir de 2022

Humorista estava de saída do Grupo Globo e já tinha assinado contrato de cinco anos com plataforma de streaming

Lava-se de tudo – sangue, pó e propina

Empresa de cobrança virou lavanderia de dinheiro para contrabandistas e PCC; esquema movimentou pelo menos 700 milhões de reais em quatro anos

Mais textos