poesia

Doce poemas de palos y piedras y un epígrafe

Francisco Alvim
IMAGEM: THE FUNNY SIDE OF JOE_1998 (ACRILIC ON CANVAS) BY MARJORIE WEISS (CONTEMPORARY ARTISTS) © PRIVATE COLLECTION_THE BRIDGEMAN ART LIBRARY NATIONALITY

PARA A MINUTA

formalizando
recorde-se a propósito
estimaria

APANHA

e cala a boca

NÃO É DESCONFIANÇA

é falta de certeza

CONTRASTES

Magrinho
mas
dessa grussurinha

SENTE-SE

leitura fluida
Agradável
Sem anteparos ou
escolhos
É para se ler de uma
sentada

MEIO DO CAMINHO

Dá vontade
de sentar dar
nem
um passo à frente ou
atrás

O ÓLEO

É um produto
que só quer
ele
Não quer nenhum
outro encostado
nele

PRAIAS VIZINHAS

Vocês certamente se conhecem
e talvez até se admirem

FALA

sussurrado

BOCHECHA

Ofereça a outra

DUAS VERSÕES ABREVIADAS

1. UM PODER

o de corromper

2. ELE

eu mato rindo

TABLEAU MOUVANT

Na casa ao lado o cachorrão está tentando enrabar o basset este para se defender configurou uma coreografia complicadíssima por entre as hercúleas patas do sedutor, circular e torvelinhal

EPÍGRAFE?

So caught up
… by the brute blood of the air

Yeats

Francisco Alvim

Francisco Alvim, diplomata e poeta, publicou a coletânea Poemas (1968–2000), coeditada pela 7Letras e Cosac Naify

Leia também

Últimas Mais Lidas

Foro de Teresina #52 especial de um ano: Parlamentarismo branco, atos pró-governo e o lobby do fuzil

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Acompanhe variação de humor sobre o governo Bolsonaro no Twitter

Gráfico mostra reação de usuários da rede social em relação às manchetes do dia

Em Trânsito – um olhar sobre o monstro que habita vários tempos históricos

Demonstração de talento neste filme notável tem sido desperdiçada pelo público brasileiro

O Twitter como bússola

Principal guia político de Bolsonaro, humor da rede social explica comportamento errático do presidente

Medo é laranja para quem espera avalanche marrom

A rotina de quem vive na cidade onde a parede de contenção de uma mina ameaça ceder e provocar o rompimento de uma barragem

Para não sair do hospital no escuro

A diferença que faz, para os pacientes, receber seus dados sobre tratamento e alta hospitalar – como manda novo Código de Ética Médica

O governo inconstitucional

Professora de direito constitucional escreve que decreto de Bolsonaro fere a autonomia universitária prevista na Constituição

Foro de Teresina #51: Moro no STF, o sigilo de Queiroz e Flavio e os protestos contra o governo

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Ministro toma caldo no #TsunamiDaEducação

Maia viaja, governo escorrega e Centrão deixa Weintraub falando sozinho na Câmara enquanto protestos tomam conta do país

Mais textos
1

Medo é laranja para quem espera avalanche marrom

A rotina de quem vive na cidade onde a parede de contenção de uma mina ameaça ceder e provocar o rompimento de uma barragem

2

Para não sair do hospital no escuro

A diferença que faz, para os pacientes, receber seus dados sobre tratamento e alta hospitalar – como manda novo Código de Ética Médica

4

A escolinha anarcocapistalista do Ancapistão

Vacina e cinto de segurança são inimigos eleitos pelos ancaps, que já têm representante no governo Bolsonaro

5

O governo inconstitucional

Professora de direito constitucional escreve que decreto de Bolsonaro fere a autonomia universitária prevista na Constituição

6

O Twitter como bússola

Principal guia político de Bolsonaro, humor da rede social explica comportamento errático do presidente

8

Foro de Teresina #51: Moro no STF, o sigilo de Queiroz e Flavio e os protestos contra o governo

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

9

A javaporquice de Bolsonaro

Presidente opta pela pior oposição que poderia escolher e enfrenta protestos inéditos para um recém-empossado