colaboradores

Fatos, lembranças, versos

O ano começa (finalmente) com revolta, diplomacia e poesia

D. Crowe [Capa] é cartunista americano.

Cristina Tardáguila [Do cobre ao ouro] é repórter de piauí.

Adam Shatz [Depois da revolta] é escritor, autor de Prophets Outcast e editor da London Review of Books, na qual o artigo foi originalmente publicado.

Dilma Rousseff [A manicure e o Sonho de Valsa] é presidenta do Brasil. Seu ghost-writer não oficial e não autorizado é Renato Terra, repórter de piauí e codiretor (com Ricardo Calil) do documentário Uma Noite em 67. Ilustração de Caco Galhardo.

Consuelo Dieguez [O dono da inflação], repórter de piauí, é coautora de Cuidado! Seu Príncipe Pode Ser uma Cinderela, da Best Seller, e de Vultos da República, da Companhia das Letras.

Alfred Wertheimer [Pelvis] é fotógrafo de origem alemã radicado nos Estados Unidos.

Zulmira Ribeiro Tavares [A vida não tem agenda própria] é escritora e poeta. Os poemas integram o livro Vesúvio, que será lançado este mês pela Companhia das Letras.

Marcos de Azambuja [Casa bem-assombrada], diplomata, foi secretário-geral do Itamaraty e embaixador do Brasil em Buenos Aires e Paris. É co-autor de História da Paz, da Contexto.

Tony Judt (1948–2010) [Mentes Cativas], historiador inglês, autor de Pós-Guerra e Reflexões Sobre um Século Esquecido, ambos da editora Objetiva. Artigo publicado na New York Review of Books. Tradução de Rubens Figueiredo.

Marcel Gotlib [Um erro grosseiro], desenhista e autor de histórias em quadrinhos, fundou e edita há 35 anos a revista francesa Fluide Glacial. Tradução de Dorothée de Bruchard.

Flávio Aguiar [Morituri te salutant] é escritor e professor de literatura brasileira radicado em Berlim. O conto integra o livro Crônicas do Mundo ao Revés, lançado este mês pela Boitempo.

Heinrich Heine (1797–1865) [Meu amor selvagem que abre trilhas na ravina], poeta e ensaísta alemão. Poemas extraídos da antologia Heine, Hein?, a ser publicada em maio pela Perspectiva. Tradução de André Vallias, poeta, designer gráfico e editor da revista on-line Errática.

Eduardo Escorel [Contraposições premonitórias] é cineasta. Publicou Adivinhadores de Água pela Cosac Naify.

 

Ilustrações de Esquina por Andrés Sandoval.