poesia

Nova cartografia carioca

À vista de todos como as costas de uma musa monumental

Gregorio Duvivier
IMAGEM: CARLA CAFFÉ

GÁVEA

a gávea é um bairro vertical
cortado à esquerda pela lagoa-
-barra e à direita pelo vento gélido
suspenso pelos pilotis da puc
e pelas palmeiras que se erguem
nos canteiros do baixo – o mês
de outubro na gávea é longo
como as pernas de isabel.

PEDRA DA GÁVEA

há pedras que se escondem sob a selva
cerrada – tímidas; há pedras que cobrem
suas vergonhas com neve, mesmo no verão;
há pedras, urbanas, que põem prédios sobre
as suas espáduas, protegendo-as do olhar alheio;
poucas são as pedras que ostentam a própria nudez
à vista de todos como as costas de uma musa monumental

ALTO DA GÁVEA

o mês de fevereiro no rio nasce
em outubro no alto da floresta
da tijuca e chega em novembro
aos bairros sem praia só
se espraia por copacabana em
meados de janeiro e explode
na praia de ipanema em geral
num sábado na gávea ele quase
não chega quando acontece
já estamos em maio.

 

BAIXO GÁVEA

a major rubens vaz é um trem
parado logo ali no wild side você
me diz comprida como as acácias
da rua dos oitis e se enrosca entre
as janelas de madeira azul enquanto
cantam du du du du durudu e quando
tudo parece que acabou tudo recomeça
outra vez ao som de músicas no repeat
e lóbulos na língua – longos lábios na nudez do corpo.

 

AVENIDA NIEMAYER

a avenida niemeyer se esgueira à beira
do abismo atlântico como o chile
se espreme entre o mar e a américa
do sul, magríssimo (qualquer dia
desses pode ser que ela afunde,
sempre à mercê das montanhas
e dos acidentes de carro às quatro
da manhã) outro dia mesmo,
parece, um ford ka que
descia o vidigal tropeçou
na mureta e partiu
em direção ao atlântico
como um besouro
acrobata, um martim-
-pescador – obeso.

 

BOTAFOGO

o bairro de botafogo
se fosse um senhor
usaria óculos fundo
de garrafa e daria
bom-dia aos pássaros
cantores que já não
moram na varanda.

 

RUA MENA BARRETO

na mena barreto passa uma avó
que nunca teve netos por um feirante
que jamais se casou e dá olá para
um filho que já não tem mãe e todos
seguem carregando suas tristezas
dentro de sacolas de plástico

 

COPACABANA

alguns lugares pertencem a tempos
específicos e repousam numa data
determinada como certos becos
de copacabana que moram em mil
novecentos e noventa e três e de
onde pode-se ligar de orelhões
com fichas e comprar revistinhas
do cascão por cinco mil cruzeiros.

 

CINE RIO SUL

mil novecentos e noventa e oito
anos depois de cristo o cinco meia
nove custava só sessenta e cinco
centavos e às seis passava doug

no canal dois e beakman no jantar
eram seis nuggets para cada um
de sobremesa horas no icequê
e cento e dez mil resultados para

“mulheres gostosas” no altavista
depois sempre sonhar com labirintos
o fluminense os beatles as mulheres

do altavista cair do quinto andar
e acordar com a cara afundada
no travesseiro sujo de benzac.

 

POSTO NOVE E MEIO

açaí açaí – você conhece o waldo – olha
o mate – waldo que waldo – é o melhor
mousse do rio de janeiro – agora joga
um spray nas minhas costas – conheço
um waldo que morreu – meu mousse
é o melhor – o waldo não morreu quem
morreu foi o walter foi o waldo – empada
praiana – foi o walter – sabe que – açaí –
no fundo – açaí – eu acho que o nome dele
era – olha – waldo mesmo – o mate – porra
tu – guara plus – tacou spray – guara plus –
no meu olho – o waldo – mate – ele mesmo
então morreu – olha o mate – para morrer
meu amigo – mate – basta estar vivo.

34_poesia2

Gregorio Duvivier

Gregorio Duvivier é humorista, ator, escritor, poeta e um dos criadores do canal Porta dos Fundos

Leia também

Últimas Mais Lidas

Bolsonaro seduz policiais militares com promessas, cargos e poder

Entre o capitão e os governadores, é preciso saber para onde irá a Polícia Militar

Foro de Teresina #102: Tensão máxima no Planalto

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Rebelião contra Aras

Ao protestar contra inquérito das fake news, chefe do Ministério Público Federal deflagra reação na instituição

STJ, novo ringue de Bolsonaro

Tribunal tem papel decisivo na crise entre presidente e governadores

Witzel a Jato 

Celeridade da Procuradoria da República contra governador do Rio surpreende na operação que expôs contratos da primeira-dama com um dos maiores fornecedores do estado

Esgares e sorrisos

Cinemateca Brasileira em questão

Sem prova nem lápis emprestado

Estudante brasileira em Portugal relata transformações na rotina escolar depois da epidemia de Covid-19

Na contramão do governo, brasileiros acreditam mais na ciência

Pesquisa inédita aponta que, durante a pandemia, 76% dos entrevistados se mostraram mais interessados em ouvir orientações de pesquisadores e cientistas

Médico no Rio se arrisca mais e ganha menos

Governo Witzel corta adicionais de insalubridade de profissionais que atuam contra a Covid-19 em hospital da Uerj

Mais textos
1

Dentro do pesadelo

O governo Bolsonaro e a calamidade brasileira

2

Rebelião contra Aras

Ao protestar contra inquérito das fake news, chefe do Ministério Público Federal deflagra reação na instituição

3

Mortos que o vírus não explica

Belém tem quase 700 mortes a mais do que o esperado apenas em abril; oficialmente, Covid-19 só matou 117

4

Autor de estudo pró-cloroquina admite erros em pesquisa

Enquanto isso, maior investigação já realizada sobre a droga reitera que não há benefício comprovado contra Covid-19 e alerta para riscos

5

Sem prova nem lápis emprestado

Estudante brasileira em Portugal relata transformações na rotina escolar depois da epidemia de Covid-19

6

Na contramão do governo, brasileiros acreditam mais na ciência

Pesquisa inédita aponta que, durante a pandemia, 76% dos entrevistados se mostraram mais interessados em ouvir orientações de pesquisadores e cientistas

7

Witzel a Jato 

Celeridade da Procuradoria da República contra governador do Rio surpreende na operação que expôs contratos da primeira-dama com um dos maiores fornecedores do estado

8

Médico no Rio se arrisca mais e ganha menos

Governo Witzel corta adicionais de insalubridade de profissionais que atuam contra a Covid-19 em hospital da Uerj

9

Maria vai com as outras #8: Ela voltou

Monique Lopes, atriz pornô e acompanhante, fala novamente com Branca Vianna, agora sobre seu trabalho durante a pandemia do novo coronavírus

10

Uma biografia improvável

O que são vírus – esses parasitas que nos deram nada menos que 8% do nosso DNA