poesia

O último turno

O poeta que fez de Detroit e dos operários da indústria automobilística um tema maior da lírica norte-americana

Philip Levine
FOTO: MINNESOTA HISTORICAL SOCIETY_CORBIS_GETTY IMAGES

Tradução de Caetano Galindo

Descendente de judeus russos, o poeta Philip Levine nasceu em 1928, em Detroit, a capital mundial da indústria automobilística, apelidada de “Motor City” ou “Motown”. Vinte anos antes, ali havia sido lançado o Ford Model T, que popularizou o automóvel entre os norte-americanos e cuja fabricação, segundo os princípios do fordismo, revolucionou a organização do trabalho. Um ano depois do nascimento de Levine, a quebra da Bolsa de Nova York deu início a uma prolongada depressão econômica nos Estados Unidos.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Philip Levine

Philip Levine foi um poeta norte-americano. Os poemas integram o livro The Last Shift, da editora Knopf, inédito no Brasil

Leia também

Últimas Mais Lidas

Um general da ativa no centro da articulação política

Novo ministro terá de deixar Alto Comando do Exército; divergências no uso da verba de comunicação e atritos com ala olavista, inclusive Carlos Bolsonaro, explicam demissão de Santos Cruz

RBG – Ruth Bader Ginsburg, a juíza da Suprema Corte que faz diferença

Mesmo aquém de seu personagem, documentário é chance de conhecer mulher singular

Moro contra a parede

Para especialistas, conversas entre ex-juiz e Dallagnol indicam parcialidade e, no limite, podem levar Supremo a anular julgamento de Lula

Alertas mais precisos contra o desmatamento

Nova plataforma gratuita de monitoramento flagrou, em seis meses de testes, quase 900 quilômetros quadrados desmatados

Foro de Teresina #54: O trânsito de Bolsonaro, o bate-cabeça da oposição e o elogio da agressão

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Bolso esvazia bolsonarismo

Estagnação da economia é a maior razão de arrependimento de quem votou em Bolsonaro mas acha o governo ruim ou péssimo

Os Papéis de Aspern – apelo de Henry James contra a bisbilhotice

Diretor e roteirista não sairiam ilesos de um tribunal que julgasse atentados à obra alheia

Mais textos
1

Excelentíssima Fux

Como a filha do ministro do STF se tornou desembargadora no Rio

2

A redenção dos cinco

Um filme sobre os rapazes presos por um estupro que não cometeram

3

Moro contra a parede

Para especialistas, conversas entre ex-juiz e Dallagnol indicam parcialidade e, no limite, podem levar Supremo a anular julgamento de Lula

4

Um general da ativa no centro da articulação política

Novo ministro terá de deixar Alto Comando do Exército; divergências no uso da verba de comunicação e atritos com ala olavista, inclusive Carlos Bolsonaro, explicam demissão de Santos Cruz

6
7

Bolso esvazia bolsonarismo

Estagnação da economia é a maior razão de arrependimento de quem votou em Bolsonaro mas acha o governo ruim ou péssimo

10

Procura-se um presidente

Dependência virtual e extremismo de Bolsonaro precipitam corrida política no campo da direita