celebridades

Picasso divulga Dama com leque

"Espero que meus fãs entendam essa nova fase"

Steve Martin
<i>Dama com Leque</i> não pode ser <i>Dama com Banana</i>
Dama com Leque não pode ser Dama com Banana

THE ENTERTAINMENT CHANNEL: Antes de mais nada, nós gostamos muito de Dama com leque.

PICASSO: Obrigado. As pessoas parecem ter se empolgado com o quadro, e a crítica foi positiva.

E.C.: Como foi a sensação de pintar Dama com leque?

PICASSO: Muito, muito empolgante. Me empolguei com a ideia de pintá-lo e de trabalhar com pessoas tão empolgantes, o pessoal das tintas, o cara das telas.



E.C.: Puxa, então foi um projeto empolgante.

PICASSO: Foi, eu fiquei realmente empolgado. Às vezes mais, às vezes menos.

E.C.: Mas você passou o tempo todo empolgado?

PICASSO: Com certeza, o tempo todo. Você acertou na lata.

E.C.: E a modelo?

PICASSO: É mesmo, eu quase esqueci. Que hilário! Admiro as poses dela há anos e finalmente tive a chance de trabalhar com ela. Foi maravilhoso ir pro ateliê todos os dias.

E.C.: Conte para os telespectadores como ela é.

PICASSO: Ah, ela é simples, sem afetação. Podia ter o rei na barriga, mas não tem.

E.C.: E rolou um clima?

PICASSO: Rapaz, que entrevista difícil! (risos) Na verdade, somos bons amigos, mas não passa disso. Eu tenho regras claras sobre namorar minhas modelos.

E.C.: Em entrevista ao nosso programa, ela disse: “Adorei trabalhar com Picasso. Nós demos muitas risadas”. Sobre o que vocês riam? Algum incidente engraçado?

PICASSO: Deixa eu ver. Hmm. Ah, sim. Um dia, eu disse que queria pintá-la nua. Nossa, você precisava ter visto a cara dela. É claro que logo em seguida eu disse que tava só brincando.

E.C.: Mas que hilário!

PICASSO: Foi muito, muito engraçado.

E.C.: Dama com leque é muito diferente dos seus trabalhos anteriores. Você acha que os seus fãs irão aprovar?

PICASSO: Bom, eu realmente quis expandir meus horizontes, espero que meus fãs entendam esta nova fase.

E.C.: Muitos outros quadros foram lançados recentemente. Matisse apresentou o Retrato com risca verde, e Vlaminck pintou uma boa natureza morta. Você se preocupa com a concorrência?

PICASSO: Olha, tenho certeza de que o quadro de Matisse deve ser muito, mas muito fofo. Quanto a Vlaminck, ele é um idiota.

E.C.: Uau! Vamos, não esconda nada – diga ao espectador tudo o que você pensa!

(Risos)

E.C.: Pablo?

PICASSO: Diga.

E.C.: Por que um leque?

PICASSO: Puxa, todo mundo me faz essa pergunta. Acho que é porque eu não quis chamar o quadro de Dama com banana. Brincadeira.

E.C.: Puxa, mas que hilário!

PICASSO: Falando sério, o leque foi escolhido por ser uma alegoria da feminilidade, porque ele equilibra a composição do quadro e porque eu arranjei a mão da modelo na clássica posição religiosa de A virgem das rochas, de Leonardo, com a diferença de que eu queria vê-la segurando um objeto profano.

E.C.: Entendi. (Pausa) Quais são os seus próximos projetos?

PICASSO: Bom, gostaria de fazer pinturas menos sérias. Dama com leque é, na verdade, uma obra profunda, e eu gostaria de ampliar um pouco mais e mostrar que não sou um pintor de um quadro só.

E.C.: Muito obrigado, Pablo Picasso. (Virando para a câmera) Dama com leque ficará exposto na National Gallery pelos próximos mil anos, não perca. Pablo, por favor, você pode olhar para a câmera e dizer: “Oi, eu sou Pablo Picasso, você está assistindo o Entertainment Channel!”?

PICASSO: Claro. Posso mandar um beijo para a Gertrude Stein?

Steve Martin

Steve Martin é ator e humorista americano.

Leia também

Últimas Mais Lidas

Polícia na porta, celular na privada

A prisão do juiz investigado sob suspeita de vender sentença por 6,9  milhões de reais – e que jogou dois telefones no vaso sanitário quando a PF chegou para buscá-lo

Na terra dos sem SUS

Nos Estados Unidos, mães de jovens negros mortos pela polícia enfrentam a epidemia, o desemprego e o racismo

Um idiota perigoso incomoda muita gente

Memórias e reflexões sobre o tempo em que voltamos a empilhar cadáveres por causa de um vírus

Mourão defende manter Pujol no comando do Exército

Vice afirma que general deve permanecer à frente da tropa até o fim do mandato de Bolsonaro, mas admite que não apita nas nomeações do presidente

Na piauí_166

A capa e os destaques da revista de julho

Foro de Teresina #107: As guerras surdas de Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

O desmanche de Witzel

Um depoimento exclusivo denuncia os elos ocultos entre o governo de Witzel e as milícias

Para cuidar de quem cuida

Referência em Covid-19, hospital da USP cria programa de apoio a profissionais de saúde e descobre que 77% dos atendidos sofrem de ansiedade

Mais textos
1

A morte e a morte

Jair Bolsonaro entre o gozo e o tédio

2

Na piauí_166

A capa e os destaques da revista de julho

3

PCC veste branco

Traficante da facção usou 38 clínicas médicas e odontológicas para lavar dinheiro, comprar insumos para o tráfico e socorrer “irmãos” baleados

4

O desmanche de Witzel

Um depoimento exclusivo denuncia os elos ocultos entre o governo de Witzel e as milícias

5

A solidão de rambo

Suspeitas de corrupção e conluio com as milícias desmontam Wilson Witzel

6

Chumbo grosso no Ministério Público 

Bloqueio de bens na Suíça, delação premiada contra Moro e interferência na PF acirram guerra entre a Lava Jato e a Procuradoria-Geral da República

7

Tudo acaba em barro

Um coveiro em Manaus conta seu cotidiano durante a pandemia

8

Contra a besta-fera

A luta dos cientistas brasileiros para combater o vírus é dura – vai de propaganda enganosa a ameaça de morte

9

A droga da desinformação

Publicações falsas ou enganosas sobre remédios sem efeito comprovado contra Covid-19 são um terço das verificações do Comprova no último mês

10

Foro de Teresina #107: As guerras surdas de Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana