horóscopo

Horóscopo por Chantecler

Previsões de uma cavalgadura

Chantecler

Parece-me que é um esporte dos leitores da piauí adivinhar o nome da cavalgadura responsável por esta página. Facilito a sua vida, caro leitor, fornecendo algumas dicas pessoais: sou vascaíno, alto, racé, másculo e modesto. Sou um brilho. Desapontado com a qualidade da revista, recentemente demiti-me do quadro informal de colaboradores, fato que foi noticiado na CNN. Mas, invertebrado que sou, não resisti aos parcos (e bota parco nisso!!!) emolumentos que a piauí paga a seus astrólogos, e eis-me de volta.
Isto posto, devo dizer que atravesso uma fase difícil – minha fé na astrologia anda claudicando. Acordei um dia e me vi quase um agnóstico dos signos. Foi quando cruzei com um contínuo que elabora o horóscopo de um jornal de circulação nacional. Sempre admirei a laboriosa classe dos office boys. O rapaz, dividindo-se entre a entrega de um boleto bancário e uma ida até a padaria atrás de um suco de melancia para o chefe, ainda encontrava tempo para acumular funções – pela mesma paga, diga-se – por puro amor à ciência dos astros. Tamanha fé me moveu. O horóscopo do mês é dedicado a ele.
Finalmente, nesses tempos do politicamente correto, admito, sem qualquer pejo, que escrevo para o público masculino. As mulheres que se adaptem ao premonitório texto abaixo.

ÁRIES [21 de março_20 de abril]
Comentário: Protesto. Por que o mapa astral começa em março? Ou ele não segue o calendário gregoriano, e ninguém me avisou? Ou será por que, se fosse como sugeri, o horóscopo começaria com um objeto tão sem graça como um Aquário, e ninguém leria o resto?
Características: o arietino típico é destemido, trabalhador, centralizador, organizado, e obsessivo compulsivo. É o tipo que faz listinhas e confere a pasta e a agenda umas dez vezes antes de sair de casa. É ótimo ter um arietino como empregado, jamais como patrão.
Seu futuro próximo: não ganhará na mega-sena, perderá dinheiro na Bovespa, e será vítima de overbooking da TAM. Boas chances de ser corneado, já que viajará de férias deixando a namorada concupiscente em casa.
Funções e profissões inerentes ao signo: qualquer uma, especialmente ditadores – entre os quais se destaca aquele, o do bigodinho e da mão esticada. Talvez por essa razão, os nascidos neste signo são denominados “arietinos”, e não “arianos”, o que, convenhamos, pegaria mal. Os arietinos adaptam-se facilmente a qualquer função, embora detestem mudanças. Especialmente as que conspurquem as agendas deles, cuidadosamente elaboradas. O publisher de piauí é arietino, o que desmente a maior parte dos atributos positivos e louváveis do signo.

TOURO [21 de abril_20 de maio]
Comentário: seu destino indelével é ser passado para trás. Afinal, exceto em poucas raças bovinas mochas, touros são sempre portadores de chifres. Deste assunto eu entendo. Minha vida profissional se dividiu entre a astrologia e a pecuária.
Características: os taurinos quase sempre são boas pessoas, leais, meio molóides, e do tipo que se apaixona facilmente. Assumem um signo com nome feroz, mas são uns cordeirinhos. A docilidade ignóbil é sua característica mais marcante. Não vale a pena gastar tinta e papel (mesmo este papel vagabundo que a piauí usa), dissertando sobre esses bovinos.
Seu futuro próximo: como já assinalado, será passado para trás – pela amante, suprema humilhação. Como se não bastasse, vai se apaixonar por uma freira da ordem das Carmelitas Enclausuradas. A religiosa dará graças a Deus pela clausura.
Funções e profissões inerentes ao signo: encontram-se entre os taurinos diplomatas, decoradores, poetas, e jornalistas.

GÊMEOS [21 de maio_20 de junho]
Comentário: já de cara, vêm em dose dupla, sem terem sido convidados. Uns chatos.
Características: o geminiano (univitelino ou não) tende à solércia, malandragem, ambigüidade e esperteza. Carece de caráter, e sua espinha dorsal, moral e metafisicamente falando, é elástica. Lamento, mas é verdade.
Seu futuro próximo: sua veneranda tia-avó Laurinda, a quem você emprestou seu carro, vai aprontar. Ela será presa numa blitz da polícia, portando maconha, ecstasy, e cocaína. O indiciamento dela será agravado pelo fato de ter oferecido apenas R$ 20,00 aos meganhas. Uma gritante falta de respeito às autoridades, criminalmente tipificada como “desacato”.
Funções e profissões inerentes ao signo: banqueiros, bicheiros, policiais, políticos, meretrizes e jornalistas.



CÂNCER [21 de junho_22 de julho]
Comentário: é o pior signo zodiacal. Afinal, quando o zodíaco, num ato de evidente despeito, decide te representar como um siri, não se pode esperar muito da vida.
Características: emotivos, choram à toa; são sensíveis, com desenvolta veia artística. Por vezes os cancerianos dão uma de prima donna, suportável quando existe algum talento, o que é raro.
Seu futuro próximo: a tua exposição de pintura na Galeria Elmyr de Hory vai ser um sucesso de público e de vendas. Pena que, na noite de encerramento, ao atravessar a rua, andando, como sempre, de costas, você não verá aquele caminhão. Você não viverá o suficiente para usufruir nem do dinheiro nem da fama. Seu único irmão, que você odeia, ficará com ambos.
Funções e profissões inerentes ao signo: cabeleireiros, artistas plásticos, diplomatas, decoradores, arquitetos e jornalistas.

LEÃO [23 de julho_22 de agosto]
Comentário: por que favorecer bicho estrangeiro? Já anda em curso uma medida do Ibama para que tasquemos uma jaguatirica neste signo.
Características: leoninos são ambíguos e volúveis, pois vão do extremo da generosidade ao egoísmo mais mesquinho. Megalômanos por natureza, acham-se o centro do universo. Às vezes são mesmo o centro da atenção, principalmente quando fazem besteira, o que não é raro.
Seu futuro próximo: Coerentemente com a sua (falta de) personalidade, você emprestará dinheiro a um amigo fajuto, que te dará o cano. Ao mesmo tempo, negará carona a seu chefe em dia de chuva. Não sei bem qual o motivo, mas você será demitido ad nutum, sem aviso prévio nem nada. Entrará com uma ação trabalhista, a qual perderá, arcando com as custas do processo e os honorários dos causídicos – o seu e o da Reclamada.
Funções e profissões inerentes ao signo: economistas, publicitários, advogados, políticos e jornalistas.

VIRGEM [23 de agosto_22 de setembro]
Comentário: pela mudança da moral e dos costumes, esse é um signo em vias de extinção. Ainda é encontrado em alguns berçários. A WWF o está colocando na lista das espécies a serem protegidas dos predadores lúbricos.
Características: os virginianos são imaturos e inexperientes. Muito limpinhos, detestam zona dentro ou fora de casa – embora não raro, quando vão à Bahia se entregam ao amor libertino.
Seu futuro próximo: conhece o Adamastor, aquele armário embutido, cheio de amor pra dar? Pois é, meu prezado, prepare-se…
Funções e profissões inerentes ao signo: padres (em geral jesuítas americanos), diplomatas, lingüistas, intelectuais de forma geral, e jornalistas.

LIBRA [23 de setembro_22 de outubro]
Comentário: novamente, por que tamanha desnacionalização? Economistas do PT, em conluio com sábios tucanos e generais nacionalistas, já conspiram para que abandonemos esta homenagem fora de lugar à moeda britânica e passemos a chamar o signo de cruzeiro/cruzeiro novo/cruzado/cruzado novo/Ufir, real (d’après o plano econômico do momento).
Características: indecisos, porém hábeis em relações humanas. Procuram uma harmonia e equilíbrio no universo que, na realidade, não existe. Por isso, têm certa tendência à nostalgia e à solidão, que procuram negar lançando-se a uma intensa vida social.
Seu futuro próximo: seu nome deixará de constar do who’s who da classe dominante nacional, o exigente livro “Sociedade Brasileira”. Isso causará a você intensa angústia, e o levará a “pendurar o presunto na porta”, como se dizia antigamente, significando pessoas que oferecem festas opíparas, com o intuito de autopromoção. De nada adiantará, seu nome terá sido banido para sempre da “melhor sociedade”. Também, quem mandou não largar mão de cavoucar o nariz durante jantares formais?
Funções e profissões inerentes ao signo: publicitários, magistrados, diplomatas, moradores da Barra da Tijuca e jornalistas.

ESCORPIÃO [23 de outubro_21 de novembro]
Comentário: depois de Câncer, é o pior signo. Sua ferroada costuma ser letal. Se não for, você fica abestalhado para o resto da vida. O que não é tão ruim assim: imbecil não tem tédio.
Características: os não ferroados pelo próprio símbolo são líderes natos. Às vezes, são prejudicados em sua eficácia pelo excesso de ciúmes, e uma forte tendência à radicalização.
Seu futuro próximo: você liderará um coup d’état no aeroporto de Guarulhos, tentando assumir o controle de um vôo para Asunción del Paraguay. Infelizmente, seu perfeccionismo será sua perdição. O seu golpe fracassará. Afinal, quem mandou exigir avião da TAM, tripulação da Gol, serviço de bordo da Varig, despacho de bagagem da BRA, e manutenção da PLUNA?
Funções e profissões inerentes ao signo: radicais livres (ou nem tanto), como membros do MST, MLST, Opus Dei, OAB, TFP, Flamengo – e outras entidades de atuação dúbia, e utilidade idem.

SAGITÁRIO [22 de novembro_21 de dezembro]
Comentário: ai que cansaço. Não encontrei porcaria nenhuma na literatura especializada (leia-se Google) sobre esse signo que, qual água, é insípido, inodoro e incolor. Assim como o são os sagitarianos. Desculpe-me, mas você é tão vibrante e sexy quanto um copo de água (para quem não está com sede).
Características: os sagitarianos são, por essência, sanhudos, banaéguas e manicacas. Você sabe o que significam estas palavras? Não? Nem eu. Ouvi-as certa vez nos sertões das Minas Gerais e, qual um Guimarães Rosa de baixo calibre, resolvi repeti-las, mesmo que de forma ignara. Só posso afirmar o que você, que é perspicaz, já percebeu: são termos pejorativos.
Seu futuro próximo: com esse currículo, quem se importa? Nem os próprios sagitarianos.
Funções e profissões inerentes ao signo: engenheiros, dentistas, cineastas, documentaristas, líderes sindicais, pilotos de Fórmula 1 (estas duas últimas categorias, de preferência, falando com língua presa e tom nasalado), e jornalistas.

CAPRICÓRNIO [22 de dezembro_20 de janeiro]
Comentário: geograficamente, este signo passa pela linha do equador. É quente pacas. E tende a ficar pior, com o aquecimento global, o El Niño, o efeito estufa e outros conceitos ambientais tão em voga – que vaticinam a débâcle final deste pequeno planeta, tributário de uma estrela de 5ª grandeza, conhecida como Sol.
Características: só tem qualidades. Vejam só que injustiça. Tão legal, e em vias de extinção. O capricorniano é sério, trabalhador, bom de cama, honesto, organizado, bom filho, bom marido e bom pai.
Seu futuro próximo: talvez por ser tão perfeito ninguém o suporta, e você vai ser extinto de forma lenta, cruel e inexorável – via evapotranspiração (pergunte a um agrônomo o que é isso, e ele lhe explicará de forma tão minuciosa, que curará para sempre a sua insônia crônica).
Funções e profissões inerentes ao signo: por ordem de importância e de necessidade, destaco: aparelho de ar condicionado, ventilador, leque, e sopro no cangote – nesta ordem.

AQUÁRIO [21 de janeiro_19 de fevereiro]
Comentário: como já mencionado na apresentação vestibular de Áries, o Aquário é um treco absolutamente sem graça. Assim também são os aquarianos.
Características: sensação permanente de enclausuramento e claustrofobia. Apesar de sua pouca mobilidade, ou por causa dela, são curiosos e inteligentes. Porém tímidos e arredios. Para conseguir bater papo com um aquariano, só usando rede de pesca. Os aquarianos tiveram seu apogeu na década de 1970, com o sucesso do musical Hair, e de seu tema “The Age of Aquarius”. Eu não assisti.
Seu futuro próximo: depende do nível de oxigenação da água. Há risco real de extinção, por motivos similares aos de Capricórnio.
Funções e profissões inerentes ao signo: as mesmas de Sagitário, acrescentando-se jornalistas. Como o arguto leitor já percebeu, estou perdendo o ânimo. Na realidade, trata-se de revolta profissional. Tamanha dedicação e tão extensa pesquisa, para um pró-labore que mal dá para alimentar meu cachorro por uma semana. Mas a culpa não é sua, leitor, e apenas por este motivo persevero.

PEIXES [20 de fevereiro_20 de março]
Comentário: o que me incomoda aqui é a falta de isonomia. O signo anterior já tinha a ver com “peixe”. O que justifica este favorecimento? Então por que é escrito no plural, enquanto os demais signos o são no singular, exceto “Gêmeos” – o que é óbvio, já que haveriam de ser ao menos dois; e também de “Áries” que parece plural, mas não é, e sim uma palavra de origem greco-romana, ou sumeriana, ou hitita (você vá lá e cheque, mas não se preocupe em me informar). Quem tiver curiosidade etimológica, que consulte o Antonio Cândido, ou o Newton Cardoso, ou o presidente Lula (se ele não estiver de férias ou em viagem ao exterior).
Características: Ah, sei lá, por um cachê de R$ 80,00 – esta revista exige demais. Além do que, um leitor que ainda não teve a decência de dormir até este ponto, não merece qualquer informação útil.
Seu futuro próximo: certamente, ser pescado.
Funções e profissões inerentes ao signo: criatividade tem limite, e a minha, que já é limitada por natureza, encontra-se exausta e exaurida. Preguiçosa, enfim. Nada a comentar sobre este item, exceto que a considerar-se a sinergia entre “ausência de criatividade” e “indolência e preguiça”, poderíamos cravar a profissão típica do pisciano em: “funcionário público”, sem susto de errar. E jornalistas.

Chantecler

Leia também

Últimas Mais Lidas

Na piauí_167

A capa e os destaques da revista de agosto

Dispositivo de alerta

Morador provisório do Alvorada mostrou não estar à altura do cargo para o qual foi eleito, assim como seu clã de três zeros

Bolsonaro, o favorito?

Se não aumentar atual taxa de aprovação, presidente chegará a 2022 em situação desconfortável; até lá, arma a retranca e joga a torcida contra o juiz

No app da inclusão

Jovens negros da periferia apostam na tecnologia como ferramenta contra o racismo

Foro de Teresina #111: A república rachada de Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Álcool, pancadas na cabeça e poluição, novos riscos para o Alzheimer

Teste aponta propensão para a doença vinte anos antes de sintomas aparecerem; estudo inédito identifica três novos fatores a evitar para não desenvolver o mal

Moral religiosa é mais forte no Brasil do que em países com renda parecida 

Diretor de escola de Oxford analisa pesquisa global do Pew Research sobre moralidade e fé e explica por que a cultura brasileira faz do país um ponto fora da curva na questão

Mortes visíveis – o reencontro de Sérgio Ricardo, Dib Lutfi e Glauber Rocha

Contaminados pelo novo coronavírus, milhares de mulheres e homens perderam a vida – morreram de Brasil

De Quixeramobim a Oxford

Como um estudante do interior do Ceará se tornou um dos pesquisadores no rastro do genoma do Sars-CoV-2

Mais textos
2

Deus e o Diabo estão nos detalhes

Notas sobre a importância do desimportante

3

A morte e a morte do Capitão América

Baudrillard, o franco-atirador da teoria de que tudo é ilusão, mandou o Capitão América desta para a pior

4

Carbonos do pop

Falsos gringos e indústria cover no lado B da canção brasileira

5

Por que as crianças gostam de Valtidisnei

De como me perdi de minha família ao ver Pinocchio, fui parar num reformatório, e a reencontrei numa sessão de Bambi

6

O taxista carioca

Armando Japiassú dirige com o cotovelo para fora, finge que o ar-condicionado quebrou agorinha mesmo e definitivamente não acredita que a reta seja o caminho mais curto entre dois pontos 

7

Uma arma, dois assassinatos e uma só tragédia no Rio

Como uma mesma pistola 9 mm de uso restrito está diretamente ligada às mortes de um sniper e de um PM em menos de 24 horas na capital carioca

9

A guerra do Cashmere

Como João Doria Júnior se tornou candidato a prefeito e implodiu o PSDB de São Paulo

10

Dentro do pesadelo

O governo Bolsonaro e a calamidade brasileira