esquina

Só uma vaga

Em busca de um estágio com Moro

Débora Sögur Hous
ILUSTRAÇÃO: ANDRÉS SANDOVAL_2016

Outubro mal iniciava quando Erika Souza Felix da Silva leu no Facebook um anúncio que a instigou. O “Excelentíssimo Senhor Doutor Sérgio Fernando Moro” tornava públicos o prazo de inscrição e as regras de um concurso muito cobiçado: o de estagiário para a 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, justamente aquela onde o célebre juiz da Operação Lava Jato é titular. Moradora de Quixeramobim, no sertão do Ceará, Silva tem 20 anos e cursa o sétimo período de direito na Universidade Regional do Cariri. Não se considera propriamente fã de Sérgio Moro nem sabe ainda em que área pretende se especializar, mas valoriza “o combate aos crimes de corrupção”. Daí o interesse que o anúncio lhe despertou: se aprovada na seleção, anteviu, iria passar doze meses junto do magistrado paranaense, o inimigo número 1 dos ladrões de colarinho branco. Não bastasse, as quatro horas diárias de trabalho lhe renderiam um salário de 833 reais com vale-transporte. Nada mal para quem faz um estágio voluntário na Defensoria Pública de Iguatu.

Embora também não morram de amores pelo juiz, os pais da jovem – um dono de autoescola e uma estudante de moda – concordaram que se tratava de uma oportunidade imperdível e prometeram: caso a filha única lograsse êxito na disputa, complementariam a minguada renda mensal que a Justiça lhe reservava. Na noite de 19 de outubro, uma quarta-feira, Silva deixou Quixeramobim de ônibus e, depois de três horas, desembarcou no aeroporto de Fortaleza. Um voo de mais oito horas a levou até Curitiba.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Débora Sögur Hous

Leia também

Últimas Mais Lidas

Maria Vai Com as Outras #3: Quero ser mãe, não quero ser mãe

Uma editora e uma advogada e escritora falam sobre os desdobramentos na vida de uma mulher quando ela decide ter ou não ter filhos

Vítimas de Mariana cobram R$ 25 bi de mineradora BHP na Inglaterra

Juiz deve decidir em junho se vai julgar o processo, o maior em número de vítimas da história do Reino Unido

Passarinho vira radar de poluição

Pesquisadores usam sangue de pardais para medir estrago de fumaça de carros e caminhões em seres vivos

Foro de Teresina #68: Censura na Bienal, segredos da Lava Jato e um retrato da violência brasileira

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Presos da Lava Jato unidos contra os ratos e o tédio

Condenados por crimes de colarinho-branco já caçaram roedores e fizeram faxina em complexo penal; transferidos para hospital penitenciário e sem ter o que fazer, gastam o tempo com dominó  

O maestro e sua orquestra – andamento lento e músicos desafinados

Governo se julga no direito de “filtrar” projetos incentivados com verba pública, mas filtrar é eufemismo para censurar

Quando a violência vem de quem deveria proteger

Quatro meninas são estupradas por hora, a maior parte dentro de casa, e 17 pessoas são mortas pela polícia por dia, revelam dados do Anuário de Segurança Pública

“Poderia ter sido eu a morrer ali no ponto de ônibus”

Como a morte espreita a juventude negra no Rio de Janeiro, estado com maior taxa de homicídios em ações policiais

Léros Léros em Itaipu

Brasil se recusa a pagar prejuízo de US$ 54 milhões; presença de suplente do PSL em reuniões binacionais aumenta crise e atrapalha renegociação para 2023

Mais textos
1

Vítimas de Mariana cobram R$ 25 bi de mineradora BHP na Inglaterra

Juiz deve decidir em junho se vai julgar o processo, o maior em número de vítimas da história do Reino Unido

2

Presos da Lava Jato unidos contra os ratos e o tédio

Condenados por crimes de colarinho-branco já caçaram roedores e fizeram faxina em complexo penal; transferidos para hospital penitenciário e sem ter o que fazer, gastam o tempo com dominó  

3

A guerra contra o termômetro

Quando chegam más notícias sobre o desmatamento, os governos atacam o emissário

4

“Poderia ter sido eu a morrer ali no ponto de ônibus”

Como a morte espreita a juventude negra no Rio de Janeiro, estado com maior taxa de homicídios em ações policiais

6

Foro de Teresina #68: Censura na Bienal, segredos da Lava Jato e um retrato da violência brasileira

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

7

Bacurau – celebração da barbárie

Filme exalta de modo inquietante parceria entre povo desassistido e bandidos

8

Passarinho vira radar de poluição

Pesquisadores usam sangue de pardais para medir estrago de fumaça de carros e caminhões em seres vivos

9

Sem SUS, sem saída, sem vida

Sem dinheiro para pagar dívidas médicas nos Estados Unidos, idoso mata mulher e se suicida; tragédia amplia debate sobre acesso a sistema público de saúde

10

Léros Léros em Itaipu

Brasil se recusa a pagar prejuízo de US$ 54 milhões; presença de suplente do PSL em reuniões binacionais aumenta crise e atrapalha renegociação para 2023