despedida

Tigre de papel

Rogério Reis
No 6º andar do prédio modernista de janelas contínuas ficava a redação, que chegou a abrigar 300 jornalistas. A estrutura de grandes vãos e forma horizontal tornou-se um marco
No 6º andar do prédio modernista de janelas contínuas ficava a redação, que chegou a abrigar 300 jornalistas. A estrutura de grandes vãos e forma horizontal tornou-se um marco FOTO: ROGÉRIO REIS

Avenida Brasil, nº 500, Rio de Janeiro. O colosso de nove andares, inaugurado em 1973, era de uma solidez ímpar. Vistoso, arejado, contemporâneo. Abrigava rotativas de primeira linha e uma redação com alguns dos grandes talentos da praça. Parecia estar à altura do Jornal do Brasil. Fundado na contramão, por monarquistas que queriam combater a recém-proclamada república, o jornal acertou o passo nos anos 50. Reformou-se, atualizou-se, ousou. Mais acertou do que errou. A nova sede parecia lhe assegurar um futuro a perder de vista.

Passados trinta anos da solene inauguração, o Jornal do Brasil estava endividado e sucateado. Perdera o prédio na avenida Brasil, o brio jornalístico e a independência. Moribundo, andou de mão em mão. A última delas determinou que a sua derradeira edição em papel fosse publicada na terça-feira, 31 de agosto de 2010.

Rogério Reis

Rogério Reis, fotógrafo carioca, é sócio da Tyba Agência Fotográfica e autor do álbum Na Lona, da Editora Aeroplano.

Leia também

Últimas Mais Lidas

Trégua negociada atrás das grades

Documento do sistema penitenciário mostra como chefes do tráfico presos em Rondônia disputam à distância o controle da Rocinha

Bolsonaro, Marielle e a tempestade no Twitter

Entre os voos para Brasília e a presença do então deputado na Câmara, tempo apertado afasta hipótese de que Bolsonaro estivesse no Rio para receber acusado de matar vereadora  

Ruptura de bolsonaristas com PSL ganhou asas no Twitter

Disputa por controle do partido impulsionou menções a Eduardo e Joice na rede

Scorsese pede para se explicar

Quem sonha em fazer filmes enfrenta situação brutal, afirma cineasta

Silêncio na “República de Curitiba”

Com Lula solto, acampamentos de militantes se desfazem, e capital paranaense volta à rotina

Projeto da piauí é um dos vencedores de desafio do Google

"Refinaria de Histórias" vai transformar reportagens em séries, filmes e documentários

Maria Vai Com as Outras #6 – parte II: Trans – Gênero, corpo e trabalho

A advogada Márcia Rocha fala sobre a inserção de pessoas trans no mercado de trabalho formal

PT e aliados preparam campanha Lula-2022

Solto, ex-presidente vai percorrer o país e comandar oposição a Bolsonaro

Os donos do Supremo

Professora da FGV critica poder absoluto da presidência da Corte sobre pauta de votação: “Pode levar todo o tribunal para o buraco”

Mais textos
1

Começo para uma história sem fim

Como uma foto, um porteiro e um livro de registros complicaram ainda mais a investigação do caso Marielle

2

O estelionatário

O brasileiro que enganou um mafioso italiano, políticos panamenhos e Donald Trump

4

PT e aliados preparam campanha Lula-2022

Solto, ex-presidente vai percorrer o país e comandar oposição a Bolsonaro

6

Os donos do Supremo

Professora da FGV critica poder absoluto da presidência da Corte sobre pauta de votação: “Pode levar todo o tribunal para o buraco”

7

Foro de Teresina #76: O mistério da casa 58, o golpismo bolsonarista e o pacote de Paulo Guedes

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

8

A vida dos outros e a minha

Memórias de uma estudante brasileira fichada pela Stasi

9

Na piauí_158

A capa e os destaques da revista que começa a chegar às bancas

10

Silêncio na “República de Curitiba”

Com Lula solto, acampamentos de militantes se desfazem, e capital paranaense volta à rotina