portfólio

Um Brasil estrangeiro

O esporte como ideal de classe e inocência

Carlos Moskovics
Treino na sede do Botafogo, na rua General Severiano
Treino na sede do Botafogo, na rua General Severiano FOTOS: ACERVO INSTITUTO MOREIRA SALLES

Foi na década de 1920 que o húngaro Carlos Moskovics, ainda criança, imigrou com a família para o Rio de Janeiro. Jovem, iniciou-se na fotografia e abriu um estúdio comercial na sua cidade de adoção. O estabelecimento, Foto Carlos, sobreviveu em alguns anos à morte do artista, ocorrida em 1988.

O acervo de Moskovics, com cerca de 150 mil imagens, inclui um extraordinário registro da vida social e da prática do esporte no Rio de Janeiro dos anos 40 a 60. As fotos buscam um ideal, tanto na forma como no conteúdo. São imagens de um Brasil estrangeiro a si mesmo.

Todas as fotos neste ensaio foram feitas no Rio de Janeiro entre os anos 1945 e 1950
Todas as fotos neste ensaio foram feitas no Rio de Janeiro entre os anos 1945 e 1950

Carlos Moskovics

Carlos Moskovics, (1916-1988), fotógrafo húngaro radicado no Rio de Janeiro.

Leia também

Últimas Mais Lidas

Para não sair do hospital no escuro

A diferença que faz, para os pacientes, receber seus dados sobre tratamento e alta hospitalar – como manda novo Código de Ética Médica

O governo inconstitucional

Professora de direito constitucional escreve que decreto de Bolsonaro fere a autonomia universitária prevista na Constituição

Foro de Teresina #51: Moro no STF, o sigilo de Queiroz e Flavio e os protestos contra o governo

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Ministro toma caldo no #TsunamiDaEducação

Maia viaja, governo escorrega e Centrão deixa Weintraub falando sozinho na Câmara enquanto protestos tomam conta do país

A javaporquice de Bolsonaro

Presidente opta pela pior oposição que poderia escolher e enfrenta protestos inéditos para um recém-empossado

Varda por Agnès – narcisismo encantador

Interação é a pedra angular na obra da cineasta

A escolinha anarcocapistalista do Ancapistão

Vacina e cinto de segurança são inimigos eleitos pelos ancaps, que já têm representante no governo Bolsonaro

Uma motosserra na mão e um projeto na cabeça

Proposta de Flávio Bolsonaro extingue reserva legal obrigatória; espaço sob risco de desmatamento equivale a seis vezes a área do estado de São Paulo

Mais textos
2

A escolinha anarcocapistalista do Ancapistão

Vacina e cinto de segurança são inimigos eleitos pelos ancaps, que já têm representante no governo Bolsonaro

3

A javaporquice de Bolsonaro

Presidente opta pela pior oposição que poderia escolher e enfrenta protestos inéditos para um recém-empossado

5

O governo inconstitucional

Professora de direito constitucional escreve que decreto de Bolsonaro fere a autonomia universitária prevista na Constituição

8

Foro de Teresina #51: Moro no STF, o sigilo de Queiroz e Flavio e os protestos contra o governo

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

9

Uma motosserra na mão e um projeto na cabeça

Proposta de Flávio Bolsonaro extingue reserva legal obrigatória; espaço sob risco de desmatamento equivale a seis vezes a área do estado de São Paulo

10

Para não sair do hospital no escuro

A diferença que faz, para os pacientes, receber seus dados sobre tratamento e alta hospitalar – como manda novo Código de Ética Médica