=igualdades

Mortes entre profissionais da saúde cresceram duas vezes mais na Região Norte que na Região Sul

Lianne Ceará, Daniel T. Ferreira e Renata Buono
28maio2021_18h47

Na Região Norte do Brasil, os desligamentos por morte dos profissionais de saúde cresceram duas vezes mais que na Região Sul. Enquanto no Norte o desligamento de profissionais da saúde aumentou 172% em comparação ao período de janeiro de 2015 a março de 2020, no Sul o aumento foi de 38%.

No início deste ano alguns estados do Norte, como Amazonas e Roraima, enfrentaram o colapso da saúde e a falta de oxigênio para pacientes com Covid. A pandemia deixa a desigualdade social brasileira ainda mais evidente. Mesmo com números de casos bem diferentes nas Regiões Norte e Sul – são, respectivamente, 1,5 milhão e 3,1 milhões -, a taxa de mortalidade a cada 100 mil habitantes entre as duas regiões não difere muito: 221,5 do Norte contra 229,9 do Sul.

Fonte: Caged (Ministério da Economia), compilado pelo Pindograma

Lianne Ceará (siga @lianneceara no Twitter)

Estagiária de jornalismo na piauí

Daniel T. Ferreira (siga @pindograma no Twitter)

É editor-chefe do Pindograma, site de jornalismo de dados, e estudante de História na Universidade de Stanford.

Renata Buono (siga @revistapiaui no Twitter)

Renata Buono é designer e diretora do estúdio BuonoDisegno

Leia também

Últimas

Celebridade versus Mito

Trupe de artistas e influencers contra Bolsonaro cresce nas redes, faz barulho e amplia a base de oposição

A importância do cinema brasileiro

Patrimônio merece ser preservado e protegido, não destruído

Desiguais até na infelicidade

Entre os 40% mais pobres da população brasileira, sensação de bem-estar geral caiu mais; para os 20% de renda mais alta, sentimento é de que a vida até melhorou

Lugar de militar é no quartel

Emenda que barra militares da ativa na administração pública é insuficiente, mas um bom começo para tirar Forças Armadas da política

Nome aos números

No dia em que o Brasil ultrapassa a marca de 500 mil mortos pela Covid-19, um pouco da história de 133 deles

Doria x Ciro, o duelo pelo terceiro lugar

O que funciona ou não nas estratégias de quem se vende como “alternativo”

Mais textos