=igualdades

No Ano-Novo, movimento em restaurantes de Londres caiu mais que no Rio

Emily Almeida, Amanda Gorziza e Renata Buono
15jan2021_10h31

A cidade de Londres registrou, no dia 31 de dezembro, uma queda de 96% na movimentação de pessoas em restaurantes em comparação com o período pré-pandemia. Diante da descoberta de uma variante do novo coronavírus, o país britânico havia decretado bloqueios mais rígidos ainda em meados de dezembro.

Já o município do Rio de Janeiro não se isolou tanto assim: no último dia do ano, apesar dos bloqueios para reduzir a circulação de pessoas na cidade durante a virada, o movimento nos restaurantes cariocas tiveram queda de apenas 49%. 

Fonte: Relatórios de Mobilidade da Comunidade do Google 



Emily Almeida (siga @emilycfalmeida no Twitter)

Repórter da piauí

Amanda Gorziza (siga @amandalcgorziza no Twitter)

Estagiária de jornalismo na piauí

Renata Buono (siga @revistapiaui no Twitter)

Renata Buono é designer e diretora do estúdio BuonoDisegno

Leia também

Últimas

Entre a cegonha, o medo e a vacina

Suspensão da vacinação assusta grávidas; média semanal de mortes por Covid entre gestantes e mães no pós-parto mais que triplicou

Foro de Teresina #150: Da pedalada à tratorada

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Transparência tarja preta

De leis antigas a informações divulgadas pela metade, Forças Armadas usam brechas para driblar Lei de Acesso e preservar “sigilo eterno” de documentos

“Por 25 reais, durmo na fila e marco o exame que precisar”

Para driblar a fome na pandemia, faxineira baiana passa a noite diante de central de regulação e agenda procedimentos 

Polícias do Rio precisam de intervenção federal

Para especialistas, chacina no Jacarezinho mostra que, nas forças policiais fluminenses, comportamento disfuncional virou característica institucional

Mais textos