=igualdades

Para cada oito vagas em universidades privadas brasileiras bancadas com auxílio do Fies em 2014, hoje o programa só financia uma

Lianne Ceará, Marcos Amorozo e Renata Buono
14maio2021_17h30

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi criado em 1999 e, desde então, oferece crédito para o pagamento de cursos de ensino superior com juros menores que os do mercado para alunos de baixa renda. Em 2010, a plataforma foi reformulada e começou a aumentar, gradativamente, o número de beneficiários. No seu auge, em 2014, o programa chegou a oferecer 733 mil bolsas. 

Com a intensificação da crise financeira no país, a má alocação do risco de crédito e falta de previsibilidade de custo, o governo passou a restringir o programa e, em 2017, houve uma nova reestruturação. As bolsas oferecidas, então, despencam em queda livre. Para 2021, o número de beneficiários foi de 93 mil.

O Fies, assim como o Programa Universidade para Todos (Prouni) – que oferece bolsas parciais e totais em instituições de ensino superior privado -, seleciona os beneficiários dentre os candidatos do Enem que obtiveram, no exame, ao menos a nota mínima estabelecida pelo MEC. Ambos são enquadrados como políticas de ação afirmativa que buscam a democratização do ensino superior.

Lianne Ceará (siga @lianneceara no Twitter)

Estagiária de jornalismo na piauí

Marcos Amorozo (siga @marcosamrz no Twitter)

Estagiário de jornalismo na piauí, é estudante da Universidade de Brasília (UnB)

Renata Buono (siga @revistapiaui no Twitter)

Renata Buono é designer e diretora do estúdio BuonoDisegno

Leia também

Últimas

O padre, o filho e a pensão alimentícia

Justiça manda religioso pagar três salários mínimos mensais a ex-fiel que diz ter tido um romance e um filho com ele; o padre nega

Pela simplificação dos planos diretores

Legislação complicada e genérica precisa ser substituída por outra capaz de ser entendida pela população

O encalhe de Pantanal e Dona Beija

Acervo com mais de 25 mil fitas da Rede Manchete vai a leilão, mas não atrai nenhum comprador

Foro de Teresina #154: Boom, bola e bolso

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Dias de alívio e de pranto

Vestibulanda relata angústia de ver sua avó, vacinada, se recuperar da Covid, enquanto um amigo chorava a morte do pai, sem vacina

Mais textos