=igualdades

Para cada policial militar, Maranhão tem 8 professores da rede pública; o DF, apenas 2

Luigi Mazza, Amanda Gorziza e Renata Buono
09set2021_09h18

O Brasil tem 406 mil policiais militares e 1,7 milhão de professores nas escolas públicas, somando colégios municipais, estaduais e federais. Ou seja, para cada PM há 4 professores da rede pública. Há, no entanto, uma grande variação entre as unidades da federação, o que revela diferenças no uso do orçamento. No Maranhão, por exemplo, para cada policial militar há 8 professores da rede pública. Em nenhum outro estado há tamanha disparidade. No Distrito Federal, há apenas 2 professores para cada PM.

Os dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostram que o estado mais policiado de todos é o Amapá, onde há um policial militar para cada 276 habitantes. No Brasil como um todo, a proporção é de um PM a cada 521 brasileiros. Por tabela, o Amapá é também o estado que, proporcionalmente, mais gasta com segurança pública: em 2020, foram R$ 873 per capita, praticamente o dobro da média nacional, de R$ 463 per capita.

Confira os dados completos na seção =igualdades desta semana.

Fontes: Anuário Brasileiro de Segurança Pública, Sinopse Estatística da Educação Básica 2020 e IBGE.

Luigi Mazza (siga @LuigiMazzza no Twitter)

Repórter da piauí

Amanda Gorziza (siga @amandalcgorziza no Twitter)

Estagiária de jornalismo na piauí

Renata Buono (siga @revistapiaui no Twitter)

Renata Buono é designer e diretora do estúdio BuonoDisegno

Leia também

Últimas

Reforma administrativa ameaça democracia

Fim da estabilidade dos servidores, uma das propostas da mudança, fragiliza o Estado e coloca em risco as políticas públicas

Matemática que multiplica horas e projetos

Universitário do interior de Alagoas conta como realizou o sonho de conquistar medalhas em olimpíadas científicas e hoje incentiva outros jovens a participar dos concursos

O fim do dinheiro no país dos pixelados

Com o Pix a pleno vapor, cai a circulação de papel-moeda e bancos fecham cada vez mais agências; economia digital, no entanto, ainda exclui parte dos brasileiros

No rastro da Covaxin

Assim como a PF, a piauí vem investigando a Precisa Medicamentos e o escândalo da vacina indiana. Para entender melhor o caso, confira o roteiro do que já publicamos

Foro de Teresina #168: Bolsonaro janta os salvadores da pátria

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Mais textos