vultos da república

Políticos dominam agenda de Moro

Parlamentares pularam de 7% para 39% dos compromissos oficiais do ministro da Justiça entre janeiro e maio

José Roberto de Toledo e Emily Almeida
30jul2019_22h16

Levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública mostra uma mudança do perfil das pessoas recebidas pelo ministro Sergio Moro desde que ele assumiu o Ministério da Justiça. Em janeiro, 69% dos compromissos oficiais de Moro foram reuniões técnicas com assessores e funcionários do ministério. Esse tipo de agenda interna caiu mês a mês, até chegar a 11% em maio. Ao mesmo tempo, os encontros de Moro com parlamentares cresceram ao ponto de ocuparem a maior parcela da agenda do ministro na segunda metade do semestre passado. O recorde foi em maio: 39%.

Nem o presidente Jair Bolsonaro dedicou tanto espaço aos parlamentares. Salvo em abril, quando somaram 22% dos compromissos presidenciais, deputados e senadores sempre consumiram menos de um quinto do tempo de Bolsonaro. Os maiores frequentadores da agenda presidencial foram ministros: ocuparam de 30% (junho) a 55% (fevereiro) dos espaços. O levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública revela ainda que Hamilton Mourão é, dos três, quem mais abre espaço para receber empresários e representantes de entidades empresariais. Também foi o que recebeu, proporcionalmente aos outros compromissos, mais jornalistas para entrevistas, embora cada mês menos.

As informações foram capturadas das agendas oficiais publicadas nas páginas da Presidência da República e do Ministério da Justiça na internet. Cada cor representa um tipo de visitante: parlamentares, diplomatas, empresários etc. As taxas somam 100% e seguem a proporção que cada tipo de visitante alcançou, mês a mês, nas agendas do ministro, do presidente e do vice-presidente. O levantamento faz parte do “Fonte Segura”, um produto que o Fórum Brasileiro de Segurança Pública deve lançar na primeira quinzena de agosto. “Nossa ideia é oferecer uma solução que busque conectar o debate factual sobre segurança pública com os rumos e desafios da economia e da política”, afirma Renato Sérgio de Lima, diretor-presidente do Fórum.

Made with Flourish

José Roberto de Toledo (siga @zerotoledo no Twitter)

Editor-executivo da piauí (site), foi repórter e colunista de política na Folha e no Estado de S. Paulo e presidente da Abraji

Emily Almeida (siga @emilycfalmeida no Twitter)

Repórter da piauí

Leia também

Últimas Mais Lidas

Os Miseráveis – catástrofe à vista

Revolta de jovens na periferia de Paris é um sinal de alerta para políticos franceses

Foro de Teresina #85: A política de Moro, os negócios de Wajngarten e o nazismo na Cultura

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Os ‘facilitadores’ que ajudaram a família Santos a acumular fortuna

De empresários a contadores, passando por consultores e advogados, a rede de relações que a mulher mais rica da África construiu para proteger seu império

Como o dinheiro desviado de Angola veio parar na Paraíba 

Inquérito da PF obtido pela Pública acusa político próximo do ex-presidente angolano José  Eduardo dos Santos e sua filha Isabel dos Santos de lavar dinheiro de corrupção no Nordeste

Uma Mulher Alta – título banal, belo filme

Inspirado em livro de jornalista vencedora do Nobel, filme aborda traumas de duas ex-combatentes

O império de Isabel

Como a filha do ex-presidente de Angola aproveitou o poder político do pai para, com empresas de fachada e informações privilegiadas, se tornar a mulher mais rica da África

Prejuízo em cacho

Petrobras enterra centenas de milhões de reais em projeto de  biocombustível a partir do dendê – que não produziu nem um litro de óleo

Foro de Teresina #84: Ascensão evangélica, Democracia em Vertigem e a Aliança pelo Brasil

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Mais textos
3

O algoritmo da ágora

A política dos extremos no YouTube

4

Prejuízo em cacho

Petrobras enterra centenas de milhões de reais em projeto de  biocombustível a partir do dendê – que não produziu nem um litro de óleo

5

Como o dinheiro desviado de Angola veio parar na Paraíba 

Inquérito da PF obtido pela Pública acusa político próximo do ex-presidente angolano José  Eduardo dos Santos e sua filha Isabel dos Santos de lavar dinheiro de corrupção no Nordeste

6

A epidemia de doença mental

Por que cresce assombrosamente o número de pessoas com transtornos mentais e de pacientes tratados com antidepressivos e outros medicamentos psicoativos

7

O império de Isabel

Como a filha do ex-presidente de Angola aproveitou o poder político do pai para, com empresas de fachada e informações privilegiadas, se tornar a mulher mais rica da África

8

O herdeiro

Um filho não reconhecido de Bruno Caloi e uma dívida de 350 milhões de reais

10

Foro de Teresina #85: A política de Moro, os negócios de Wajngarten e o nazismo na Cultura

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana