=igualdades

PP é o partido que mais ganhou vereadores; PSDB o que mais perdeu

Amanda Gorziza, Lianne Ceará, Pedro Siemsen e Renata Buono
04dez2020_18h54

Comparado aos números absolutos da eleição proporcional de 2016, o PP é o partido que mais ganhou vereadores – são 1.603 progressistas ocupando cadeiras em Câmaras municipais de todo o Brasil. Na eleição de 2016, o partido chegou a ser o terceiro que mais elegeu vereadores, com 4.739 no total, ficando atrás do MDB e PSDB. Já este ano, ocupa o segundo lugar entre as siglas com maior número de cadeiras em todo o país, com 6.342. O primeiro colocado é o MDB mas, ao contrário do PP, elegeu menos vereadores em 2020 – eram 7.563, agora, 7.327. 

O efeito de decrescimento também atingiu o PSDB, que teve 999 vereadores a menos com relação a 2016. Naquele ano, o partido elegeu 5.364 e era o segundo partido com maior número de vereadores. Na eleição de 2020, 4.365 candidatos foram eleitos pela sigla, que foi ultrapassada pelo PP e PSD, ficando em 4º no ranking nacional do Legislativo. 

Dos 33 partidos brasileiros, apenas 11 cresceram no número de vereadores, são eles: PP, DEM, PSD, Republicanos, PODE, Avante, PL, PSL, Patriota, PSOL e Novo. 

Fonte: ASK-AR a partir de dados do TSE



Amanda Gorziza (siga @amandalcgorziza no Twitter)

Estagiária de jornalismo na piauí

Lianne Ceará (siga @lianneceara no Twitter)

Estagiária de jornalismo na piauí

Pedro Siemsen

É fundador do Pindograma, site de jornalismo de dados, e estudante de história na Universidade de Columbia, em Nova York

Renata Buono (siga @revistapiaui no Twitter)

Renata Buono é designer e diretora do estúdio BuonoDisegno

Leia também

Últimas Mais Lidas

Desemprego e incerteza na vida após a Ford

Em Camaçari, na Bahia, fechamento da fábrica de carros impacta todo o mercado de trabalho – de motoristas de ônibus até babás

Bananofobia

Por que os Estados Unidos têm tanto medo de virar uma república de bananas?

Monitoramento à beira da explosão

Falhas nas tornozeleiras eletrônicas colocam em xeque o rastreamento de presos no Paraná

Reação adversa a Bolsonaro

Apostando na briga com Doria, presidente toma um caldo nas redes sociais e fica isolado na primeira semana de vacinação no Brasil

Uma agenda prioritária

Novos prefeitos e vereadores têm o desafio de implementar mudanças emergenciais nas cidades brasileiras, sobretudo nas áreas de maior vulnerabilidade social, onde tudo falta – como escancarou a pandemia

Ex-sócio da Vale é condenado por corrupção

Após julgamento que durou sete dias, tribunal da Suíça condenou o bilionário israelense Beny Steinmetz a cinco anos de prisão nesta sexta-feira (22)

Mais textos
1

O lobby da capivara

Como nasce um emoji

3

Natasha

Presente raro: a experiência metafísica e visionária de uma donzela russa, num conto que permaneceu guardado na Biblioteca do Congresso americano até o início deste ano, 31 anos após a morte do autor

5

Tic tic tic tic…

Uma edição para explodir

7

O Animal Cordial – horas de desespero em noite de cão

Para crítico, a violência extrema anula os propósitos libertários almejados pelo longa

8

O ataque das guináticas

Uma vítima do funk ostentação

9

O mitólogo

Artista manqué e manipulador de narrativas, Lévi-Strauss foi um grande escritor na arte da retórica

10

O dia em que a história não aconteceu

A sexta-feira se anunciava como o dia em que Lula seria preso, faria um discurso histórico ou fugiria: no fim, nem recorde de curiosidade bateu