questões do futebol

Quinta-feira triste

Saí tarde, mas, como moro a dez minutos a pé da agência, rapidamente estava em casa. Cansada e com frio, minha mulher disse que ia se enfiar embaixo das cobertas e foi para o quarto. Tomei um banho, peguei torradas, queijo e uma cerveja, liguei a tevê e sintonizei a ESPN Brasil, no exato instante em que uma moça vestida com a camisa do Grêmio – clube para o qual torcem três amigos muito queridos, o Beto, o Márcio e a Cláudia, três pessoas inteligentíssimas, doces e despidas de qualquer preconceito – punha uma das mãos ao lado da boca, para garantir que o som não se perdesse na balbúrdia do estádio, e ofendia o goleiro do Santos gritando a palavra ma-ca-co.

Jorge Murtinho
29ago2014_17h15

Ontem foi um dia puxado na agência de propaganda em que trabalho. Precisávamos refazer, com absoluta urgência, um anúncio que o cliente não aprovara e, com a mídia comprada, precisava ficar pronto – e bom – de qualquer maneira. Passamos  o dia com o pessoal do atendimento pressionando, até que, lá pelas sete da noite, veio o aperto final: o cliente só vai embora depois de aprovar o material. Conseguimos. O anúncio em questão estava entregue a mim – o que é sempre um risco – e, por sorte, a um diretor de arte extremamente talentoso. O trabalho ficou bonito, e o cliente satisfeito.

Saí tarde, mas, como moro a dez minutos a pé da agência, rapidamente estava em casa. Cansada e com frio, minha mulher disse que ia se enfiar embaixo das cobertas e foi para o quarto. Tomei um banho, peguei torradas, queijo e uma cerveja, liguei a tevê e sintonizei a ESPN Brasil, no exato instante em que uma moça vestida com a camisa do Grêmio – clube para o qual torcem três amigos muito queridos, o Beto, o Márcio e a Cláudia, três pessoas inteligentíssimas, doces e despidas de qualquer preconceito – punha uma das mãos ao lado da boca, para garantir que o som não se perdesse na balbúrdia do estádio, e ofendia o goleiro do Santos gritando a palavra ma-ca-co.

Desliguei a tevê no ato. Não quis ver quanto estava o jogo, não soube o resultado final. Acabei de mastigar as torradas, engoli a cerveja, escovei os dentes e fui deitar triste. Minha mulher sacou que algo não estava bem e perguntou, carinhosa: o que é que você tem? Nada. Só estou cansado.

PS1: O diretor de arte talentoso, que salvou nosso trabalho ontem, é um dos melhores amigos que tenho na agência. Chama-se Roger. É negro.



PS2: O melhor time de futebol que eu já vi foi a seleção brasileira de 70. Tinha apenas um jogador do sul do país, que jogava no Grêmio. Chamava-se Everaldo. Era negro.

Jorge Murtinho

Jorge Murtinho foi autor do blog questões de futebol no site da piauí

Leia também

Últimas Mais Lidas

Reação adversa a Bolsonaro

Apostando na briga com Doria, presidente toma um caldo nas redes sociais e fica isolado na primeira semana de vacinação no Brasil

Uma agenda prioritária

Novos prefeitos e vereadores têm o desafio de implementar mudanças emergenciais nas cidades brasileiras, sobretudo nas áreas de maior vulnerabilidade social, onde tudo falta – como escancarou a pandemia

Ex-sócio da Vale é condenado por corrupção

Após julgamento que durou sete dias, tribunal da Suíça condenou o bilionário israelense Beny Steinmetz a cinco anos de prisão nesta sexta-feira (22)

Lobo nasce endividado

Com a dívida da União batendo recorde em 2020, governo federal emite títulos públicos até para pagar propaganda da nota de 200 reais

Foro de Teresina #134: Sem vacina, sem Trump, sem nada

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Consórcio de checagem de fatos é indicado ao Nobel da Paz

Presente em 51 países, entre eles o Brasil, Rede Internacional de Verificação de Fatos (IFCN) recebeu a nomeação nesta quinta-feira (21)

A queda do padre youtuber

Marcos de Miranda é afastado da Igreja após denúncia de que infringiu o celibato e tem um filho de 2 anos. Ele nega a acusação

Mais textos
1

121

4

Sobrou para o PSTU

Agremiação trotskista com apenas dois vereadores não escapou da fúria contra os partidos, mas já faz planos para o pós-revolução

5

O lobby da capivara

Como nasce um emoji

6

A far cry from hope

In conventional political terms, Obama should lose the November election. But this is not a conventional election

7

Nenhum país é uma ilha

As desilusões de um jovem filósofo com o Brexit

8

Procuradoria inova e divulga de uma vez só na Netflix todos os nomes da lista de Janot

Diante do tédio provocado pela série infinita de escândalos de corrupção, a Procuradoria-Geral da República decidiu mudar sua estratégia de comunicação. Agora, em vez de efetuar vazamentos escalonados para a imprensa, a PGR divulgará todo o conteúdo de uma vez só na Netflix

9

Mahmoud Ahmadinejad, o cara

“Todo mundo é livre”, diz ele

10

Eu Não Sou Seu Negro – a jornada de James Baldwin

A péssima impressão causada por O Jovem Karl Marx terá deixado em estado de alerta quem não assistiu antes a Eu Não Sou Seu Negro, atento à apelação demagógica que parecia ser um traço emblemático do diretor Raoul Peck