Bolsonaro contrata exorcista para se livrar de funcionária fantasma

12jan2018_15h30

LIMBO – “O problema era espiritual, não tinha nada a ver com caráter.” Foi dessa forma que o deputado federal Jair Bolsonaro justificou a presença de uma funcionária fantasma na lista de pessoas pagas por seu gabinete na Câmara. “Então contratei o Silas Malafaia e o Pastor Feliciano, que exorcizaram a folha salarial pro problema passar”, continuou o presidenciável. A funcionária fantasma, Walderice Santos da Conceição, tem uma loja de açaí em Angra dos Reis, na mesma rua em que o deputado tem uma casa, como noticiou a Folha de S.Paulo.

Testemunhas relataram que a cerimônia de exorcismo foi acompanhada de eventos estranhos em diversos lugares da Câmara. “Eu estava esperando no hall de entrada, quando vi uma onda enorme de açaí saindo de elevador. Parecia o filme O Iluminado“, afirmou uma funcionária. Para conter a onda, os bombeiros tiveram de usar uma barreira de granola. Também houve relatos de uma chuva de carnês de IPTU no gabinete do deputado.

Malafaia e Feliciano aproveitaram a cerimônia de exorcismo para abençoar o auxílio-moradia de Bolsonaro. “Crescei e multiplicai-vos”, ordenaram os deputados.