diz aí, mestre

vultos da Copa

Da várzea à taça

Em série de vídeos da piauí, grandes jogadores recuperam histórias de seus mundiais e iluminam a maior paixão coletiva do Brasil

amor e ódio

Do inferno ao céu, de chuteiras

Os campeões mundiais Nilton Santos e Tostão e o técnico do time de 82 e 86, Telê Santana, investigam a relação do torcedor brasileiro com a sua seleção

os craques

O craque segundo Tostão

Uma das estrelas da Copa, o português Cristiano Ronaldo é um gênio ou um bom jogador? Tostão, titular da seleção do tri em 70, explica a diferença

Didi ensina a arte do meia-armador, aquele que Tite não tem

A definição de um meia-armador clássico pelo gênio do Botafogo e da seleção bicampeã mundial em 58 e 62

Garrincha treinava, mas não ouvia o professor

Nilton Santos, Zezé e Aymoré Moreira recuperam as histórias do mais habilidoso – e o que menos se levava a sério – ponta-direita que o Brasil já viu

Dario, o órfão, ex-ladrão e ex-grosso que virou Dadá

O campeão mundial em 70 relembra o seu começo no futebol, do primeiro chute aos 19 anos ao técnico que percebeu nele, apesar dos tropeções, um goleador

vultos da Copa

Fora de campo, o protagonista

Dois dos maiores técnicos do Brasil, Flávio Costa, da seleção de 50, e Telê Santana, de 82 e 86, explicam o papel do “professor” dentro e fora de um Mundial

os erros

45 anos de pena por um palpite errado

Titular da seleção de 50, Barbosa lembra o quanto custa o erro de um goleiro numa Copa do Mundo; De Gea é candidato a descobrir

momentos históricos

O jogo da virada

Didi, Joel e Bellini reconstituem a arrancada para o primeiro título mundial do Brasil

Outro 1 a 2 em Copa, 68 anos atrás

Zizinho, Barbosa, Nilton Santos e o técnico Flávio Costa reconstituem as horas seguintes ao Maracanaço, a tragédia do Mundial de 1950

a tensão

Bellini ensina a disfarçar o nervosismo em jogo de Copa

Zizinho, Nilton Santos, Telê Santana e o capitão de 58 medem a tonelagem da pressão sobre o jogador do Brasil em um Mundial

Jogador malandro e sem cabeleireiro

Zizinho, eleito o melhor do Mundial de 50, e Dadá Maravilha, da seleção de 70, relembram as manhas para infernizar a vida dos zagueiros numa Copa, sem precisar de laquê

a tristeza

Quando a Copa termina antes da hora

Nilton Santos e Zezé Moreira lembram a pancadaria na eliminação do Brasil em 54 e a desolação de deixar um Mundial no meio do caminho

Uma finta na idade

Zizinho e Ademir da Guia falam da dor de deixar os gramados e das artimanhas do craque para adiar o fim da carreira

Últimas

O mantra do negacionismo namastê

Praticantes de um estilo de vida supostamente saudável recorrem à desinformação e recusam a vacina...

A única semelhança

Cientista de dados negro, preso por engano no Rio depois de reconhecimento por foto, narra...

Nos erros de reconhecimento facial, um “caso isolado” atrás do outro

Presos por engano, cientista de dados, mototaxista e motorista têm algo mais em comum:...

Foro de Teresina #169: O vírus mal-disfarçado do bolsonarismo

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Na crise climática, Congresso tira o corpo fora

Metade dos parlamentares se diz muito preocupada com o meio ambiente no Brasil, mas...

O adeus de Merkel, a anti-Trump

Enquanto nos Estados Unidos e no Brasil debate público virou briga de rua, política alemã...

Mais textos
Cabeça de papel, de Caio Borges

questões diplomáticas

O parceiro silencioso

Biden quer distância de Bolsonaro – mas quer o Brasil alinhado contra a China

Brian Winter

tempos da peste

O medo é constante, chefe

A rotina perigosa dos motoristas e cobradores de ônibus urbanos durante a pandemia

Tiago Coelho

cenas do afeganistão

Tudo já é passado

O que ficou para trás em Cabul

Adriana Carranca

história pessoal

Aconteceu uma coisa ruim

O meu corpo, invadido com brutalidade pelo estuprador, parecia já não me pertencer

Adriana Negreiros

questões musicais

Saudades do quê?

Renato Russo, o rock brasileiro e o bolsonarismo

Michel Laub

tempos da peste

Gaivota interrompida

Uma montagem de Tchékhov no meio do mato e da pandemia

Bete Coelho

questões vultosas

O golpista encalacrado

O homem está do tamanho do capitão e do sargento do Riocentro

Fernando de Barros e Silva

questões republicanas

Perigo à vista

O bolsonarismo, o Centrão – e o risco de darmos um adeus definitivo ao futuro

Sergio Fausto

tempos da peste

“Eu não existi”

Minha vida durante e depois da Covid-19

Sergio Bermudes

questões pirotécnicas

A floresta em chamas

A época das queimadas na Amazônia está chegando. O que virá?

Joice Ferreira
Edição Completa