minha conta a revista fazer logout faça seu login assinaturas a revista
piauí jogos

diz aí, mestre

vultos da Copa

Da várzea à taça

Em série de vídeos da piauí, grandes jogadores recuperam histórias de seus mundiais e iluminam a maior paixão coletiva do Brasil

amor e ódio

Do inferno ao céu, de chuteiras

Os campeões mundiais Nilton Santos e Tostão e o técnico do time de 82 e 86, Telê Santana, investigam a relação do torcedor brasileiro com a sua seleção

os craques

O craque segundo Tostão

Uma das estrelas da Copa, o português Cristiano Ronaldo é um gênio ou um bom jogador? Tostão, titular da seleção do tri em 70, explica a diferença

Didi ensina a arte do meia-armador, aquele que Tite não tem

A definição de um meia-armador clássico pelo gênio do Botafogo e da seleção bicampeã mundial em 58 e 62

Garrincha treinava, mas não ouvia o professor

Nilton Santos, Zezé e Aymoré Moreira recuperam as histórias do mais habilidoso – e o que menos se levava a sério – ponta-direita que o Brasil já viu

Dario, o órfão, ex-ladrão e ex-grosso que virou Dadá

O campeão mundial em 70 relembra o seu começo no futebol, do primeiro chute aos 19 anos ao técnico que percebeu nele, apesar dos tropeções, um goleador

vultos da Copa

Fora de campo, o protagonista

Dois dos maiores técnicos do Brasil, Flávio Costa, da seleção de 50, e Telê Santana, de 82 e 86, explicam o papel do “professor” dentro e fora de um Mundial

os erros

45 anos de pena por um palpite errado

Titular da seleção de 50, Barbosa lembra o quanto custa o erro de um goleiro numa Copa do Mundo; De Gea é candidato a descobrir

momentos históricos

O jogo da virada

Didi, Joel e Bellini reconstituem a arrancada para o primeiro título mundial do Brasil

Outro 1 a 2 em Copa, 68 anos atrás

Zizinho, Barbosa, Nilton Santos e o técnico Flávio Costa reconstituem as horas seguintes ao Maracanaço, a tragédia do Mundial de 1950

a tensão

Bellini ensina a disfarçar o nervosismo em jogo de Copa

Zizinho, Nilton Santos, Telê Santana e o capitão de 58 medem a tonelagem da pressão sobre o jogador do Brasil em um Mundial

Jogador malandro e sem cabeleireiro

Zizinho, eleito o melhor do Mundial de 50, e Dadá Maravilha, da seleção de 70, relembram as manhas para infernizar a vida dos zagueiros numa Copa, sem precisar de laquê

a tristeza

Quando a Copa termina antes da hora

Nilton Santos e Zezé Moreira lembram a pancadaria na eliminação do Brasil em 54 e a desolação de deixar um Mundial no meio do caminho

Uma finta na idade

Zizinho e Ademir da Guia falam da dor de deixar os gramados e das artimanhas do craque para adiar o fim da carreira

Últimas

Um romance, uma exposição, um livro-reportagem…

As dicas culturais da Redação da piauí

Requião, o bélico

Ex-governador do Paraná reclama do câmbio flutuante, da Petrobras, de Gleisi, Haddad e Dirceu. Largou...

A barafunda milionária do Jardim de Alah

Um consórcio de empresas quer transformar o jardim, patrimônio tombado do Rio, em um shopping...

Desmatamento em busca de dono

No ano passado, 47% dos embargos feitos pelo ICMBio por infrações na Amazônia não identificaram...

Guardiões do tempo rejeitam o Antropoceno

Especialistas votam contra a criação de uma nova época geológica do planeta...

O cinema como um projeto de país

Antes do impeachment, da pandemia, de Bolsonaro, o audiovisual brasileiro dava sinais animadores de crescimento....

No fim das contas, os outonos são mesmo iguais

Como transgressão ou farsa, a nudez aparece no pop e no rock para deixar...

O homem que descobriu Endrick. Pelo WhatsApp

Em 2016, João Paulo Sampaio recebeu no celular o vídeo de um menino de...

Braços inteiros, mentes quebradas

As crianças e os adolescentes dos Estados Unidos fraturam os ossos cada vez menos. É...

“Me incomodava que Rivaldo tinha um sorriso constante no rosto”

Monica Benício, viúva de Marielle, se chocou com a prisão do delegado. Depois, buscou...

Mais textos
Marielle vive, de Filipe Jardim

questões vultosas

Licença para matar

Um retrato da Polícia Militar de Tarcísio

Fernando de Barros e Silva

vultos do jornalismo

O cardeal Três

Ali Kamel e o fim de uma era

Ana Clara Costa

anais do cala-boca

“Tudo aqui é padrão”

Como funciona o assédio judicial contra jornalistas no Brasil

Allan de Abreu

anais político-melódicos

Começou com música

Os 50 anos da Revolução dos Cravos em Portugal

Simone Duarte

diário do geraldo

Memórias póstumas de um comunista

Chego nas coisas depois que já viraram modinha e começaram a se desgastar

anais do estado podre

Arqueologia de um crime

Os bastidores da investigação do caso Marielle

Chico Otavio

questões sociais

Vai ter COP

Os desafios urbanos e ambientais de Belém, que se prepara para sediar a conferência mundial do clima

Roberto Andrés

questões de vida e morte

Por um último e sereno suspiro

Como uma médica paliativista virou a mais alta voz na luta pelo direito de se morrer bem no país

Angélica Santa Cruz

questões epistolares

Cartas dos compadres

A efusiva correspondência entre os principais autores do boom latino-americano

Carlos Fuentes, Gabriel García Márquez, Julio Cortázar e Mario Vargas Llosa

quadrinhos

Desavisado

Um relato biográfico

Reinaldo Moraes e Caco Galhardo
Edição Completa