questões médicas

Novembro cinza

O rastreamento do câncer de próstata na berlinda

Olavo Amaral 
É mais reconfortante para um paciente operado de câncer de próstata crer que sua vida foi salva pela medicina do que pensar que sua impotência sexual se deve a um exame desnecessário
É mais reconfortante para um paciente operado de câncer de próstata crer que sua vida foi salva pela medicina do que pensar que sua impotência sexual se deve a um exame desnecessário IMAGEM: HULTON ARCHIVE_GETTY IMAGES

São onze da manhã de uma terça-feira de novembro de 2016, e André Di Paulo se prepara para entrar em cena. Do lado de fora da academia Bio Ritmo, no terraço do Conjunto Nacional, em São Paulo, ele tira de um saco plástico um bigode preto gigante, de mais de 2 metros de envergadura. Veste o adereço, que esconde seu rosto e os braços e deixa à mostra apenas as pernas, pequenas e frágeis se comparadas às dimensões da fantasia.

O ator ingressa no café da academia, e em segundos um homem com pinta de gerente aparece e chama a equipe de funcionários para uma foto. A duras penas, dada a incompatibilidade do traje com a largura das passagens, Bigode visita as salas da academia, cujos aparelhos estão na maior parte ociosos nessa hora ingrata para as classes trabalhadoras. À sua frente, Itaciara Monteiro, funcionária do Instituto Lado a Lado pela Vida, distribui panfletos para mulheres que fazem abdominais e semeia palavras sobre “prevenção da saúde do homem”. Na sala de musculação, as funcionárias vibram ao deparar com um bigodudo de verdade, que se vê impelido a posar ao lado do irmão maior.

MATÉRIA FECHADA PARA ASSINANTES
Para acessar, assine a piauí

Olavo Amaral 

Olavo Amaral é médico, professor do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ e autor de Dicionário de Línguas Imaginárias, da Alfaguara

Leia também

Últimas Mais Lidas

Foro de Teresina #85: A política de Moro, os negócios de Wajngarten e o nazismo na Cultura

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Os ‘facilitadores’ que ajudaram a família Santos a acumular fortuna

De empresários a contadores, passando por consultores e advogados, a rede de relações que a mulher mais rica da África construiu para proteger seu império

Como o dinheiro desviado de Angola veio parar na Paraíba 

Inquérito da PF obtido pela Pública acusa político próximo do ex-presidente angolano José  Eduardo dos Santos e sua filha Isabel dos Santos de lavar dinheiro de corrupção no Nordeste

Uma Mulher Alta – título banal, belo filme

Inspirado em livro de jornalista vencedora do Nobel, filme aborda traumas de duas ex-combatentes

O império de Isabel

Como a filha do ex-presidente de Angola aproveitou o poder político do pai para, com empresas de fachada e informações privilegiadas, se tornar a mulher mais rica da África

Prejuízo em cacho

Petrobras enterra centenas de milhões de reais em projeto de  biocombustível a partir do dendê – que não produziu nem um litro de óleo

Foro de Teresina #84: Ascensão evangélica, Democracia em Vertigem e a Aliança pelo Brasil

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

O Paraíso Deve Ser Aqui – o que sobrará da mediocridade imposta?

Humor lacônico de cineasta palestino faz refletir sobre como estado policial estende seus tentáculos pelo mundo

Mais textos
3

Prejuízo em cacho

Petrobras enterra centenas de milhões de reais em projeto de  biocombustível a partir do dendê – que não produziu nem um litro de óleo

4

Como o dinheiro desviado de Angola veio parar na Paraíba 

Inquérito da PF obtido pela Pública acusa político próximo do ex-presidente angolano José  Eduardo dos Santos e sua filha Isabel dos Santos de lavar dinheiro de corrupção no Nordeste

5

O algoritmo da ágora

A política dos extremos no YouTube

6

O império de Isabel

Como a filha do ex-presidente de Angola aproveitou o poder político do pai para, com empresas de fachada e informações privilegiadas, se tornar a mulher mais rica da África

7

A epidemia de doença mental

Por que cresce assombrosamente o número de pessoas com transtornos mentais e de pacientes tratados com antidepressivos e outros medicamentos psicoativos

8

Foro de Teresina #85: A política de Moro, os negócios de Wajngarten e o nazismo na Cultura

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana