=igualdades

Capital da cloroquina, Vitória tem taxa de mortes 47% maior que a do país

Luigi Mazza e Renata Buono
25mar2021_10h04

Dentre as capitais brasileiras, Vitória (ES) foi a que recebeu a maior quantidade de cloroquina do governo federal, proporcionalmente à população. Foram 54 mil comprimidos de difosfato de cloroquina, quantidade que seria suficiente para medicar 15% dos habitantes da cidade ao menos uma vez. O dado considera apenas as entregas feitas pelo Ministério da Saúde às capitais, sem levar em conta repasses e compras que possam ter sido feitos pelos governos estaduais e municipais. Em julho do ano passado, a prefeitura de Vitória – como tantas outras, estimuladas pelo governo federal – adotou o uso de cloroquina e ivermectina no tratamento à Covid. Os remédios não têm eficácia comprovada contra a doença.

Até o dia 18 de março, Vitória acumulava uma taxa de 200 mortes por Covid a cada 100 mil habitantes – número 47% maior que a taxa brasileira, que na mesma data havia chegado a 136 mortes por 100 mil habitantes.

Após a publicação do =igualdades, a Secretaria de Saúde de Vitória enviou uma nota afirmando que, a respeito da cloroquina, a prefeitura “considera o princípio da autonomia médica e da decisão compartilhada com o paciente seguindo o posicionamento do Conselho Federal de Medicina”. A quantidade de comprimidos enviados pelo governo federal, segundo a Secretaria, “teve como base o número de casos notificados no pico da pandemia em 2020”.

Fonte: Dados abertos do governo federal; IBGE; Prefeitura de Vitória; Consórcio de veículos de imprensa.

*O texto foi atualizado às 16:30 do dia 30/03/2021.



Luigi Mazza (siga @LuigiMazzza no Twitter)

Repórter da piauí

Renata Buono (siga @revistapiaui no Twitter)

Renata Buono é designer e diretora do estúdio BuonoDisegno

Leia também

Últimas

“Queima” de cloroquina pré-CPI

Após 337 dias no ar, Ministério da Saúde apagou recomendação para uso da droga às vésperas de comissão ser instalada no Senado

Mais nebuloso e mais conservador

Professores respondem a tréplica de Benamê Kamu Almudras

Pseudônimo para quem?

De que forma um monólogo pode se esconder por detrás de um diálogo

Paulo Gustavo mirava carreira internacional com Amazon a partir de 2022

Humorista estava de saída do Grupo Globo e já tinha assinado contrato de cinco anos com plataforma de streaming

Lava-se de tudo – sangue, pó e propina

Empresa de cobrança virou lavanderia de dinheiro para contrabandistas e PCC; esquema movimentou pelo menos 700 milhões de reais em quatro anos

Valores em desuso

Dois Tempos celebra amizade e afeto ao som de violões

A médica e o burocrata

No Brasil profundo, pequenos poderes se misturam com preconceito e Covid para compor uma tragédia

Mais textos