=igualdades

Dois Apple Watch no Brasil compram cinco nos Estados Unidos

José Roberto de Toledo e Renata Buono
17maio2021_10h36

Com a desvalorização do real, produtos eletrônicos que já eram caros no Brasil estão batendo recorde de preço. Com o valor pago por dois Apple Watch 6 pelos brasileiros dá para comprar cinco nos Estados Unidos ou no Cazaquistão. Entre 77 países pesquisados pelo site GlobalProductPrices.com, o relógio da Apple só não custa mais caro no Brasil do que na Argentina. Em média, o gadget sai 80% mais caro em reais do que para os moradores dos demais países. 

Mas o relógio que mede pulsação e vira telefone não é o único eletrônico excepcionalmente custoso em reais. Um Playstation 5 é vendido no Brasil por preço 51% mais alto do que a média de 79 países pesquisados; um iPhone 12 custa um terço mais caro. As comparações foram feitas pelo preço da moeda local convertido em dólar norte-americano.

José Roberto de Toledo (siga @zerotoledo no Twitter)

Editor-executivo da piauí, foi repórter e colunista de política na Folha e no Estado de S. Paulo e presidente da Abraji

Renata Buono (siga @revistapiaui no Twitter)

Renata Buono é designer e diretora do estúdio BuonoDisegno

Leia também

Últimas

O horror está entre nós

Uma face tétrica da atualidade é a perda da esperança de viver bem no Brasil

A morte em segredo

O conhecido médico negacionista Anthony Wong morreu de Covid-19 – mas isso foi escondido por 123 profissionais do hospital da Prevent Senior

Reforma administrativa ameaça democracia

Fim da estabilidade dos servidores, uma das propostas da mudança, fragiliza o Estado e coloca em risco as políticas públicas

Matemática que multiplica horas e projetos

Universitário do interior de Alagoas conta como realizou o sonho de conquistar medalhas em olimpíadas científicas e hoje incentiva outros jovens a participar dos concursos

Mais textos