Físicos americanos descobrem novo comportamento de ondas gravitacionais no topete de Donald Trump

12fev2016_17h45

WASHINGTON – Uma descoberta feita por membros do Laser Interferometer Gravitational-Wave Observatory acaba de colocar em xeque teorias de Albert Einstein, Isaac Newton e Raul Seixas. “Percebemos um comportamento atípico das ondas gravitacionais no topete de Donald Trump. A sustentação daquele chumaço frontal subverte tudo o que aprendemos até hoje e pode ser o marco para a fundação de uma nova física”, explicou o diretor-executivo David Reitze.

A descoberta provocou um acalorado debate entre republicanos e democratas. “Há uma perigosa inversão de valores. Quem subverte alguma coisa nesse país é aquela Beyonce”, disse o ex-prefeito de Nova York, Rudolph Giuliani. Bernie Sanders, candidato à presidência pelo partido democrata, declarou que “os EUA deveriam adotar o sistema universal capilar, pago pelo governo federal”.

Atenta à movimentação internacional, a presidente Dilma Rousseff deu a largada para que o Brasil desenvolva a tecnologia pioneira de estocar ondas gravitacionais.

Arquivo
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.