Pessimildo se manifesta sobre prisão de João Santana: “Eu já sabia”

23fev2016_16h38

CURITIBA – Estrela da campanha eleitoral de Dilma Rousseff em 2014, Pessimildo resolveu romper o silêncio. “Durante as eleições, fui estigmatizado como arauto do mau agouro. Tomei antidepressivos, abusei do álcool e experimentei drogas mais pesadas. No fundo do poço, cheguei a torcer para o Botafogo”, revelou, com os olhos marejados. Na metade de 2015, no entanto, Pessimildo acabou contratado como consultor sênior da Standard & Poors. “O mundo dá voltas. Meus talentos para prever o funcionamento da economia foram finalmente reconhecidos”, asseverou.

Instado a comentar sobre a prisão de João Santana, Pessimildo foi lacônico. “Eu já sabia”, murmurou. O boneco garantiu ter previsto também a ascensão de Eduardo Cunha, a derrocada da Petrobras e o pedido de impeachment. “O pior ainda está por vir: Jorge Vercillo está gravando um disco novo”, declarou.

No final da tarde, Pessimildo garantiu ter um exame de DNA com a comprovação de que não é filho de João Santana.

Arquivo
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.