rádio piauí

Maria vai com as outras #1: Cabelos

Na estreia da nova temporada, uma executiva e uma poeta falam sobre como se relacionam com seus cabelos cacheados dentro e fora do trabalho

28jan2019_05h00
As convidadas Natália Paiva e Stephanie Borges, pelo traço do ilustrador Caio Borges
As convidadas Natália Paiva e Stephanie Borges, pelo traço do ilustrador Caio Borges

Natália Paiva e Stephanie Borges são as primeiras entrevistadas dessa nova leva de episódios do Maria Vai Com as Outras. As duas se definem como negras de pele clara, e têm em comum a experiência de procedimentos químicos nos cabelos durante a adolescência, e da transição para os cabelos naturais.

Com diferentes origens e trajetórias profissionais, a executiva cearense e a poeta carioca falam sobre como se relacionam com seus cabelos desde a infância, na interação com família e amigos e, claro, no ambiente de trabalho.

Os cabelos são o tema da estreia dessa segunda temporada do programa, que tratará da relação entre o corpo da mulher e sua vida profissional e afetiva.

Bloco 1
Natália Paiva já atuou como jornalista em redação, e hoje é executiva do Instagram no Brasil. Em conversa com a apresentadora Branca Vianna, ela conta como sua condição familiar privilegiada ao mesmo tempo blindou-a de intervenções racistas, e fez com que ela demorasse a se enxergar como negra.



Dos anos em que submeteu os cachos à produtos químicos diz que só lembra o quanto era estressante, e que a decisão de parar de “relaxar o cabelo” veio junto com um questionamento sobre a própria raça e uma revisão do olhar sobre o racismo no Brasil.

Bloco 2
A poeta e tradutora Stephanie Borges passou a tratar quimicamente os cabelos aos 12 anos, quando a pressão do bullying no colégio ficou maior do que a cautela de sua mãe. As visitas periódicas aos cabeleireiros — que muitas vezes a faziam perder sábados inteiros, e chegavam a render queimaduras químicas — duraram por dez anos. Hoje, o cabelo cacheado é o tema principal de seu primeiro livro de poemas — não só na sua relação com os próprios cachos, mas como eles são vistos por conhecidos, colegas de trabalho e até mesmo por estranhos.

Com o cabelo natural ela conheceu a expressão “cabelo profissional” para se referir a cabelos lisos; e percebeu que nunca viu uma mulher que tivesse o mesmo tipo de cabelo que o dela em um cargo de chefia.

Maria vai com as outras  tem um grupo de debate no Facebook. Clique aqui para participar. Estamos também no Twitter. Siga nosso perfil neste link.

O programa vai ao ar quinzenalmente às segundas-feiras pela manhã. Para ouvir a primeira temporada, acesse a página do podcast. O Maria também está disponível em tocadores como o Spotify Apple Podcasts.

*

Ficha técnica:
Apresentação: Branca Vianna
Direção: Paula Scarpin
Produção: Luiza Miguez e Mari Faria
Finalização e mixagem: João Jabace
Identidade visual: Cecilia Marra, Caio Borges e Paula Cardoso
Distribuição: Kellen Moraes e Luigi Mazza
Transcrição: Isabel Scorza
Gravado no estúdio Rastro.

mais rádio piauí

Últimas Mais Lidas

Foro de Teresina #111: A república rachada de Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana...

Foro de Teresina #110: Bolsonaro e o partido da boquinha

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #109: Bolsonaro, os militares e o rebanho

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

A Terra é redonda: Depois da pandemia

Especialistas discutem como ficam a saúde mental, a luta contra o racismo, a vigilância e...

Foro de Teresina #107: As guerras surdas de Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

A Terra é redonda: Enigma submarino

Poluição, aquecimento global e pesca exagerada ameaçam riquezas oceânicas que mal conhecemos

Foro de Teresina #106: O presidente acuado

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Foro de Teresina #105: Espremendo Bolsonaro

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

A Terra é redonda: Falsa epidemia

O consumo de drogas durante a quarentena no Brasil e as maneiras como o governo...

Mais textos
2

Deus e o Diabo estão nos detalhes

Notas sobre a importância do desimportante

4

A morte e a morte do Capitão América

Baudrillard, o franco-atirador da teoria de que tudo é ilusão, mandou o Capitão América desta para a pior

5

Por que as crianças gostam de Valtidisnei

De como me perdi de minha família ao ver Pinocchio, fui parar num reformatório, e a reencontrei numa sessão de Bambi

6

Carbonos do pop

Falsos gringos e indústria cover no lado B da canção brasileira

7

A guerra do Cashmere

Como João Doria Júnior se tornou candidato a prefeito e implodiu o PSDB de São Paulo

8

Dentro do pesadelo

O governo Bolsonaro e a calamidade brasileira

9

Falta combinar no WhatsApp

Por 24 horas, a piauí acompanhou quatro grupos de caminhoneiros no aplicativo; viu minuto a minuto eles se insurgirem contra as forças federais, desprezarem o acordo de Temer e se negarem a encerrar a paralisação

10

O matemático que deu profundidade à superfície

Geômetra Manfredo do Carmo, fundador de seu campo de pesquisa no Brasil e pesquisador emérito do Impa, morre aos 89 anos